Prefeitura de Suzano-SP realiza ação para conscientizar mais de 650 alunos sobre a importância do combate ao mosquito Aedes aegypti

Evento em referência à Semana Nacional de Mobilização no Combate ao Aedes aegypti tem início nesta segunda-feira (23 de outubro); iniciativa também será realizada nos dias 25, 26 e 27 de outubro (de quarta a sexta-feira)

0
595
SB post

A Prefeitura de Suzano-SP vai dá início nesta segunda-feira (23 de outubro) à Semana Nacional de Mobilização no Combate ao Aedes aegypti. A iniciativa, que traz chancela das Secretarias Municipais de Educação e de Saúde, tem como objetivo mobilizar e conscientizar mais de 650 alunos da rede municipal de ensino sobre a importância do combate ao mosquito transmissor da dengue, da chikungunya e do zika vírus. O evento também será realizado nos dias 25, 26 e 27 de outubro (de quarta a sexta-feira).

Ao todo, quatro escolas municipais serão contempladas com a ação, que está marcada para ocorrer nos períodos da manhã, a partir das 10h30, e da tarde, às 13h30. Na segunda-feira, a Escola Municipal (E.M.) “Maria Odete Cara Gouveia” (rua Guenter Koralewski, 575 – Jardim do Lago) será a primeira a receber uma palestra sobre os perigos das doenças transmitidas pelo mosquito e os procedimentos necessários para evitar a proliferação do inseto.

Já nos dias 25 e 26 de outubro (quarta e quinta-feira, respectivamente), os alunos das E.M.s “Professora Nizilda Alves Godoy” (Estrada Fazenda Viaduto, 6.000 – Fazenda Viaduto) e “Professora Ana Rita Gomes” (rua Waldomiro Dias Tavares, 169 – Jardim Margareth) também serão orientados sobre as enfermidades.

Para encerrar as atividades da Semana Nacional de Mobilização no Combate ao Aedes aegypti, no dia 27 de outubro (sexta-feira), será a vez da E.M. “Antônio Carlos Mayer” (rua Sete, 135 – Jardim Maitê).

De acordo com o titular da Educação municipal, Nazih Youssef Franciss, todos os alunos do primeiro ao terceiro ano do ensino fundamental das quatro instituições de ensino também participarão de uma gincana educativa, durante 50 minutos, com o objetivo de envolver e memorizar as lições aprendidas.

Segundo o titular da pasta de Saúde de Suzano, o médico Luis Claudio Rocha Guillaumon, a estratégia segue a determinação da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), da Secretaria de Estado da Saúde, que visa promover o engajamento do Estado e do município no combate ao mosquito transmissor da doença, além de fortalecer a comunicação entre o poder público e a comunidade sobre a importância do tema.

Casos

No primeiro semestre de 2017, foram notificados 115 casos de dengue, porém, apenas sete confirmações. Já os casos de zika e chikungunya não tiveram confirmações em Suzano neste ano.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome