Município tem estudos para criação de banco de áreas para restauração florestal

0
616
SB post

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (SEMMAPLA) tem realizado estudos e parcerias para viabilizar a recuperação de nascentes no município. Numa ação com a ONG Corredor Ecológico do Vale do Paraíba, os técnicos da Prefeitura estudam a delimitação de áreas prioritárias para a recuperação das Áreas de Preservação Permanente (APPs) das nascentes e cursos d’água.

De acordo com a ONG Corredor Ecológico do Vale do Paraíba, o município possui mais de 1800 nascentes espalhadas em seu território, sendo apenas 56% cobertas por vegetação. Para dar atenção às áreas prioritárias da cidade, está em andamento um banco de áreas com anuência de proprietários rurais interessados em recuperar as APPs de suas propriedades.

Com a preservação dos espaços, as nascentes abastecem riachos, córregos e cursos d’água e, consequentemente, seguem para os rios. A falta de cuidado com os olhos-d’água pode prejudicar a vazão de água, afetando sua qualidade e, principalmente, o meio a sua volta.

A proteção e recuperação da APPs de rios e nascentes são extremamente importantes para o município, pois a falta de cuidado com estas áreas pode prejudicar a vazão de água disponível nos cursos d’água. Sendo assim, prejudicam e afetam sua qualidade, além de causar o processo de assoreamento, erosão e deslizamento de terra.
O próximo passo será a busca por proprietários rurais interessados em disponibilizar áreas para restauração ecológica, estes dados servirão para a criação de um banco de áreas, com objetivo de divulgar as áreas disponíveis para recuperação no município.

Quem estiver interessado em participar pode entrar em contato pelo e-mail: meioambiente@guararema.sp.gov.br.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome