Você conhece o controle estatístico de processo?

O controle estatístico de processos usa a estatística para gerar melhoria. Entenda como ele funciona.

0
288
SB post

controle estatístico de processo chegou para ficar. Apesar de ainda muito desconhecida e mistificada, esta técnica tem ajudado enormemente empresas a melhorar seus resultados e ganhar novos clientes. É um dos grandes pilares do Seis Sigma .

Controlar estatisticamente um processo significa acompanhar o desempenho de uma variável de interesse ao longo do tempo, observando como está a sua variação. Por exemplo, se produzimos uma peça, ela deve ter um tamanho nominal, supomos, 10 mm. Entretanto, não conseguimos produzir esta peça sempre com 10 mm. Às vezes a produzimos com 9,9, as vezes com 10,1, e assim por diante. Este é um processo que, apesar de com alguma variação, está estável. Entretanto, este processo pode sofrer alguma instabilidade e se desestabilizar. No exemplo, isso seria produzir peças com 11 mm. Esta peça é uma anomalia em nosso processo, devendo ser tratada de maneira diferente. O controle estatístico de processo nos permite identificar quando isso acontece.

Esta técnica importante vai além só de exemplos industriais. Ela é muito usada também em serviços. Ao invés do tamanho da peça, poderíamos monitorar o tempo para se realizar uma entrega ou então o comportamento de nossa equipe de vendas. É uma ferramenta importante, que vai além das análises simples e tradicionais (como o diagrama de Ishikawa ).

Quer saber mais, assista as aulas de White Belt da FM2S e aprenda de graça, ou então, faça um curso de Green Belt .

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome