CPTM coloca dois novos trens em operação e incentiva troca de livros

Entregues por Alckmin, as novas composições passam a operar nas linhas 7-Rubi e 11-Coral Expresso Leste; campanha incentiva leitura

0
1782
SB post

Dois novos e modernos trens entraram em operação pela CPTM, nesta terça-feira (17). Eles estão integrados à frota composta agora por 22 composições novas, 15 delas utilizadas pelos passageiros que circulam na Linha 7 – Rubi (Luz-Francisco Morato) e sete no serviço Expresso Leste, na Linha 11 – Coral (Luz-Guaianases).

A entrega dos trens aconteceu na Estação Luz com a presença do governador Geraldo Alckmin e do secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni. Eles também lançaram a 12ª edição do projeto Livro Livre, de incentivo à troca e doação de livros entre os passageiros.

“Estamos entregando hoje mais dois trens da compra que fizemos de 65 composições novas. Entregaremos mais oito trens até dezembro. Nós vamos fechar o ano com 30 veículos novos, zero quilômetro”, comemorou Alckmin.

O governador descreveu a característica dos novos trens: “Cada composição tem oito carros, no total são 240 carros a mais. Trens com salão contínuo de passageiros, em que o usuário vai do primeiro ao oitavo carro com a composição em movimento. Além de conforto, segurança e ar-condicionado, os trens têm 30% a mais de motorização, com maior potência, frenagem, silêncio, iluminação interna e câmeras de vídeo. É o Governo do Estado investindo no transporte de alta capacidade e qualidade, que é a CPTM”, declarou Alckmin.

Monitores digitais internos para transmitir informações e notícias e equipamento eletrônico para reconhecimento do maquinista por meio de biometria completam o pacote de equipamentos dos novos trens.

Linhas beneficiadas

A Linha 7-Rubi é a mais longa mantida pela CPTM. Tem 60,9 Km divididos em dois trechos; o maior, com 39 km, que vai da Luz até Francisco Morato, por onde circulam diariamente cerca de 395 mil passageiros; e outro, entre Francisco Morato e Jundiaí, com 21,5 Km e transporte de 30 mil passageiros/dia.

Já a Linha 11-Coral é a mais movimentada, com cerca de 700 mil passageiros transportados por dia. Com 50,8 km de extensão, 24,2 km estão na capital, o chamado Expresso Leste, que percorre o trecho entre as estações Luz e Guaianases. Transporta cerca de 500 mil passageiros por dia. O trecho de Guaianases a Estudantes tem mais 26,6 km de extensão, por onde passam cerca de 200 mil passageiros por dia.

Livro Livre

A 12ª edição da projeto Livro Livre acontece este ano entre os dias 23 e 27 de outubro. Inspirada na música “Deixa a Vida me Levar”, do compositor Zeca Pagodinho, o slogan da campanha deste ano é “Deixa o Livro me Levar” e sugere uma viagem pela literatura por meio da troca de livros entre os usuários.

Os livros poderão ser retirados gratuitamente em estantes itinerantes de doação e troca nas estações Luz, Vila Olímpia, Engenheiro Goulart, Santo André, Mogi das Cruzes, Suzano, Piqueri, Caieiras e Ribeirão Pires.

Os leitores retiram os exemplares e depois de ler os livros os deixam em lugares públicos, como bancos de trens e estações, para que os demais passageiros também possam ler e fazer a livre circulação das obras. A ideia é baseada no movimento “bookcrossing”, que acontece em vários países do mundo.

Também é possível fazer doação de livros nas Estações da CPTM. Desde a primeira edição da campanha, em 2006, o projeto Livro Livre já distribuiu mais de 200 mil exemplares. A inciativa acontece todos os anos no mês de outubro, em homenagem ao Dia do Livro, comemorado no dia 29.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome