Paço Municipal ganha coletores de resíduos de cigarro para reciclagem

Projeto piloto funciona em parceria com empresa especializada em reaproveitar este tipo de material

0
538
SB post

Com o pensamento de sustentabilidade, a Prefeitura de Santo André, em parceria com a empresa Poiato Recicla, instalou no início desta semana (23) dez caixas coletoras de resíduos de cigarro para reciclagem no Paço Municipal. Inédita na região, a medida faz com que as bitucas, muitas vezes descartadas no chão, tenham reutilização e sejam transformadas em celulose, matéria-prima do papel.

O projeto funcionará a custo zero para os cofres públicos. Em um primeiro momento, em fase de teste, os coletores estarão fixados por 90 dias, mas a expectativa é que o prazo seja renovado. As bitucas de cigarro depositadas nos dez equipamentos em Santo André serão transportadas para uma usina de reciclagem em Votorantim. Por lá, o material é pesado, reciclado e transformado em celulose. A massa celulósica produzida pela empresa é destinada para a Oficina de Artes Visuais Poiato Recicla – SESI, para produção de polpa e posteriormente em papel artesanal com finalidade educativa. A estimativa da empresa é que com, entre  35 a 50 bitucas de cigarro, seja possível produzir uma folha de papel do tipo A4.

De acordo com o diretor da Poiato Recicla, Marcos Poiato, a finalidade do projeto é promover uma mudança de comportamento na cidade, além de uma reflexão sobre o quanto o material é prejudicial, não apenas para a saúde, mas também para o meio ambiente. “Tudo que conversamos sobre cigarro levamos para o lado da saúde, mas não observamos que o cidadão joga a bituca no chão e polui. Cigarro é o lixo mais comum encontrado em ruas e calçadas, além de ser o mais tóxico. São 8.680 substâncias tóxicas que o cigarro possui e deveria ser descartado da mesma forma que o lixo hospitalar”, avalia o diretor.

Segundo o prefeito Paulo Serra, o projeto é o início de mais uma campanha de conscientização que recoloca Santo André como referência em questões ambientais. “Este é um projeto novo na região e Santo André está saindo na frente, é pioneira. Já fomos referência na questão socioambiental com a reciclagem de óleo e agora estamos voltando a ser com a reciclagem de cigarro. As pessoas não dão valor, mas é um material muito tóxico e tem que ser feito o descarte da maneira correta”, disse o prefeito.

O projeto piloto feito em parceria com a Poiato Recicla é uma iniciativa da secretaria de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego, ao lado da secretaria de Meio Ambiente. A intenção da administração é que posteriormente mais lixeiras coletoras sejam instaladas na cidade em pontos comerciais, como a rua Coronel Oliveira Lima.

Texto: Renan Muniz
Fotos: Ricardo Trida/PSA

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome