Uma nova tendência de mercado para as mulheres empreendedoras são os coworkings que unem mães e filhos no mesmo endereço

Para atender a demanda de mães empreendedoras, coworkings criam espaços infantis com profissionais especializados para que as mães acelerem os negócios e acompanhem o desenvolvimento das crianças. Segundo a Ancev (Associação Nacional de Coworking e Escritórios Virtuais), 40% dos frequentadores são mulheres, mas só 2% oferecem uma estrutura adaptada aos pequenos. De olho nesse nicho, foi criado o Hugspot que concilia maternidade e trabalho.

0
271
SB post

No Brasil, 78% das mulheres empreendem depois da maternidade, de acordo com o Sebrae. Ou elas não desejam voltar para o emprego ou retornam e, em seguida, são demitidas. Com isso, acabam criando e gerindo seus próprios negócios. É a maneira de obterem maior flexibilidade e satisfação.

Não é tarefa fácil equilibrar esses dois papéis. Segundo pesquisa realizada em 2016 pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 83,8% das crianças de até quatro anos estão sob cuidados femininos. E as mulheres que procuram espaços compartilhados de trabalho, para dar sequência à vida profissional após a maternidade, têm dificuldade de encontrar um lugar que aceite crianças. Nos cerca de mil coworkings existentes hoje no Brasil, segundo pesquisa de 2017 da Ancev (Associação Nacional de Coworking e Escritórios Virtuais), 40% dos frequentadores são mulheres, porém apenas 2% oferecem uma estrutura adaptada aos pequenos.

De olho nesse nicho em franca expansão – para se ter ideia, o número de coworkings dobrou de 2016 para 2017, segundo mapeamento do site Coworking Brasil -, as sócias-proprietárias Júlia Maturana e Daniela Del Nero, ao lado do empresário Diogo Modena Rios, resolveram oferecer às mães empreendedoras a possibilidade de tocarem os negócios pertinho dos filhos.

Assim nasceu o Hugspot, em São Paulo, que conta com um estruturado ambiente corporativo integrado a um espaço infantil de primeira linha, idealizado para atender às demandas de crianças de 6 meses a 4 anos de idade.

“O coworking traz motivação e ânimo para as mulheres saírem do ambiente doméstico e fazerem seus empreendimentos deslancharem enquanto estão perto de quem mais importa para elas”, observa Júlia.

Como cada mãe empreendedora possui uma agenda específica, o Hugspot propõe diversas possibilidades de contratação, de acordo com a demanda de cada profissional. Os planos cobrem a frequência integral, de segunda a sexta, meio período ou alguns dias na semana. Há também o Day Use, para aquelas que já são frequentadoras e precisam de um dia extra. E, caso tenham reuniões fora, podem deixar os filhos com as cuidadoras. Assim, as mulheres encontram as condições ideais para retomar a atuação profissional no tempo delas e na medida das suas necessidades.

Coworking com networking

Instalado numa casa de 340 metros quadrados, o coworking comporta 30 mães empreendedoras, que dispõem de recepção com telefonista, impressora, internet de alta velocidade, lockers, espaçosas estações de trabalho, além de uma sala para atendimentos particulares e outra para reuniões. O espaço oferece ainda cozinha de apoio, área de descompressão e outra de convivência com mesas onde mães e filhos podem interagir livremente, sobretudo na hora das refeições. “Criamos essa área de intersecção para que as mães mostrem aos filhos que estão presentes e que eles podem se sentir seguros e confortáveis”, diz Julia.

Nos fundos, um jardim com estrutura abre a possibilidade de um happy hour ou de uma refeição descontraída, a fim de fortalecer o vínculo entre as frequentadoras e estimular a troca de experiências, além de possíveis negócios e parcerias.

Área infantil

Com entrada independente, o espaço infantil, com capacidade para cerca de 25 crianças, respeita um elaborado projeto pedagógico coordenado pela pedagoga e psicóloga Raquel T. M. Borges. Cabe a ela supervisionar o trabalho das berçaristas – todas com formação em primeiros socorros – e verificar tanto o andamento do projeto pedagógico quanto o desenvolvimento das crianças. Semanalmente, a profissional também atende às mães, que podem dar vazão às suas dúvidas e preocupações em relação à criação dos filhos, bem como aos seus processos pessoais.

Revestido com piso vinílico térmico, hipoalergênico e antibacteriano, o espaço infantil possui área baby, cineminha, setor lúdico direcionado às crianças maiores, além das salas do soninho, da amamentação e do banheiro infantil. “Não ficamos encarregadas da alimentação, mas fazemos parcerias com empresas especializadas em alimentos infantis”, esclarece a sócia-proprietária.

Projeto arquitetônico

A divisão dos espaços foi cuidadosamente pensada para que as frequentadoras possam trabalhar com todo o conforto e tranquilidade, num ambiente propício para atingirem suas metas, fazerem seus negócios prosperarem e fortalecerem o networking entre as empreendedoras no mais genuíno espírito de sororidade – o sentimento de irmandade que une e fortalece um grupo de mulheres.

O estilo industrial, moderno e cosmopolita, foi escolhido para gerar um fluxo harmonioso entre os ambientes e pelos diferentes usos das salas e áreas de convivência e relaxamento. Assim, pais e filhos podem se dedicar às suas atividades com organização e foco.

Para maior conforto das mães e das crianças durante o embarque e o desembarque, há vagas na frente da casa e segurança em tempo integral. “Pensei em cada detalhe como a mãe empreendedora que sou e que quer o melhor para o seu filho e para o seu negócio”, arremata Júlia.

Apesar de o espaço acolher o público feminino, pais com filhos são muito bem-vindos. Afinal, maternar e empreender é um desafio que atinge todos os gêneros.

Website: http://www.hugspot.com.br

Conheça o portal de anúncios Será que Tem?

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome