Oito mil alunos da rede municipal de São José dos Campos, serão avaliados na Prova Brasil

Na busca pela melhoria na qualidade de ensino, a Prefeitura retomou a Recuperação Intensiva nas 46 escolas da rede

0
1267
SB post

Quase 8 mil alunos da rede de ensino municipal de São José dos Campos realizarão, a partir de segunda-feira (23), a avaliação da Prova Brasil, aplicada pelo Ministério da Educação (MEC) em todo o país.

A prova é realizada a cada dois anos e é voltada para alunos do 5º e 9º ano do ensino fundamental, sendo aplicada nas escolas públicas e particulares para fornecer índices de proficiência em língua portuguesa e matemática. O resultado desses índices é um dos itens que compõem o índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de cada escola.

Nas escolas municipais de São José dos Campos, o cronograma da avaliação está dividido entre os dias 23 de outubro e 1º de novembro. Os estudantes terão 2h30 para realizar a prova. A prova será aplicada por técnicos do MEC durante o horário de aula.

Os alunos de Educação Especial, cadastrados no AEE (Atendimento Educacional Especializado) do Censo Escolar, terão um aplicador extra para acompanhá-los e garantir um tempo a mais – caso necessário.

No primeiro dia da Prova Brasil, as escolas a serem avaliadas serão: Emef Mercedes Rachid Edwards (São Francisco Xavier), Emef Maria Nazareth de Moura Veronese (Jardim da Granja), Emef Vera Babo de Oliveira (Altos de Santana), Emef Otacília Madureira de Moura (Vila Nova Conceição), Emef Sebastiana Cobra (Jardim das Indústrias) e Emef Dosulina Chenque Chaves de Andrade (Altos de Santana).

Melhoria contínua

Na busca pela melhoria na qualidade de ensino, a Prefeitura de São José dos Campos retomou a Recuperação Intensiva (RI) nas escolas da rede municipal em agosto deste ano.

A atividade é oferecida a cerca de 2.500 alunos do 3º, 5º, 7º e 9º ano do ensino fundamental, de 46 escolas da rede, para reforçar o ensino e incentivar o desenvolvimento dos alunos nas disciplinas avaliadas na Prova Brasil. A recuperação acontece no horário contrário das aulas regulares, duas vezes por semana.

As escolas Rosa Tomita e Pinheirinho dos Palmares são as únicas que não recebem a RI, pois já oferecem outras atividades de recuperação aos estudantes.

Nas últimas duas edições da avaliação, a cidade de São José dos Campos apresentou IDEB acima da meta estipulada pelo MEC na avaliação dos alunos dos anos iniciais. Em 2013, a média geral da cidade foi 6.5, contra 6.2 de meta. Em 2015, a meta da cidade foi 6.4 e a nota final 6.7. Neste ano, a meta para os alunos do 5º ano é 6.7 e, para o 9º ano, 6.2.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome