Projeto Musicalidade/Capoeira acontece todas as quintas-feiras no prédio da Banda Santa Cecília

0
486
SB post

Todas as quintas-feiras, o público que aprecia a capoeira, em especial a música envolvida na modalidade, tem uma excelente alternativa para interagir com outros apreciadores e imergir nas raízes deste segmento. É o projeto Musicalidade/ Capoeira, um evento criado pela Escola Herança Cultural Capoeira de Mogi das Cruzes e que agora, com a parceria da Secretaria Municipal de Cultura, passou a acontecer no prédio-sede da Banda Santa Cecília.

O projeto, como conta Alexandre Pereira – conhecido como Formigão – já era realizado semanalmente, toda segunda-feira, na Praça Flávio Furlan, entrada do Terminal Central da cidade. A mudança para o prédio da Banda Santa Cecília, como ele destaca, vai permitir um aprofundamento na questão dos estudos, já que há uma estrutura de salas no local. “A princípio estamos fazendo só música, mas planejamos montar um grupo de estudos, para que possam desenvolver pesquisas mesmo sobre capoeira”, conta.

Por ora, a prática da música é o que predomina. “As pessoas se reúnem, vêm para praticar e aprender a tocar os instrumentos da capoeira, aprendem também os cantos da capoeira e podem até trazer músicas de outros gêneros, como música popular brasileira, porém no ritmo da capoeira”, explana.

A dança em si, portanto, não é o foco deste projeto, muito embora também seja uma das atividades desenvolvidas pelo grupo. “Tem muitas pessoas que gostariam de treinar capoeira, porém têm alguma limitação física que as impede. A musicalidade para essas pessoas, logo, serve como uma incrível ferramenta”, enfatiza.

A música ajuda ainda a resgatar outros aspectos referentes às origens e raízes da capoeira, como africanidade e a cultura negra. Esses temas, logo, também são abordados e discutidos durante os encontros.

A entrada e participação são totalmente gratuitos.

A Escola Herança Cultural Capoeira é uma associação, presente em vários estados brasileiros e também em países do exterior, como Estados Unidos, Japão, México e Itália. Nos países estrangeiros, inclusive, a entidade serve muitas vezes como uma introdução dos nativos à língua portuguesa.

A Escola Herança Cultural Capoeira de Mogi das Cruzes tem outras parceiras com a Prefeitura, como um projeto sócio-educativo de capoeira, que acontece todos os sábados, às 10h, no Parque da Cidade e é totalmente gratuito. (Lívia de Sá)

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome