Dia D da Campanha de Vacinação (Mogi das Cruzes) será realizada em 32 pontos estratégicos neste sábado

0
438
Foto: Guilherme Berti/PMMC
SB post

Neste sábado, 12 de maio, é o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Em Mogi das Cruzes, serão 32 postos de vacinação instalados em locais estratégicos da cidade para intensificar a ação em pessoas que fazem parte do grupo de risco, as mais vulneráveis aos efeitos da gripe, conforme determinação do Ministério da Saúde.

O grupo prioritário é formado por crianças de 6 meses a 5 anos incompletos; pessoas com mais de 60 anos; gestantes; mães com até 45 dias após o parto; profissionais da saúde; professores da rede pública e particular; população indígena; portadores de doenças crônicas; e pacientes com baixa imunidade, como pessoas com câncer que fazem quimioterapia e radioterapia.

Os tipos de vírus incluídos para a Campanha deste ano são H1N1, H3N2 e Influenza do tipo B. Para se imunizar, é preciso apresentar documento de identificação com foto; cartão de vacinação (se tiver) e, caso necessário, documento que ateste fazer parte do grupo de risco. Para as crianças, a apresentação da caderneta de vacinação é obrigatória.

O sistema imune demora alguns dias para contrapor a Influenza, por isso a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é que a vacinação seja feita ainda no outono, devendo ser repetida a cada ano, pois o vírus se modifica constantemente. “Quem faz parte do grupo de risco deve procurar uma unidade de saúde o quanto antes e garantir a proteção. No sábado, teremos unidades estratégicas funcionando para facilidade de acesso aos munícipes”, explica o secretário municipal de Saúde, Téo Cusatis.

Para prevenir a gripe, outras recomendações importantes são:
lavar as mãos com água e sabão ou desinfetá-las com álcool, principalmente antes das refeições; jogar fora os lenços descartáveis usados para cobrir boca e nariz, ao tossir ou espirrar; evitar aglomerações e contato com pessoas doentes; não levar as mãos aos olhos, boca ou nariz depois de ter tocado em objetos de uso coletivo; não compartilhar copos ou talheres; procurar assistência médica se surgirem sintomas; evitar a automedicação.

Conheça o portal de anúncios Será que Tem?

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome