Famílias de Guarulhos recebem moradias e obras contra enchentes

0
264
Alckmin também assinou convênios com o município para regularização fundiária, por meio do programa Cidade Legal Download Alexandre Carvalho/A2img
SB post

Parte dos imóveis integra a compensação social do Rodoanel Norte; e obras de canalização cruzam as rodovias Ayrton Senna e Dutra

Mais 178 unidades habitacionais foram entregues na cidade de Guarulhos, no dia (27/01), pelo governador Geraldo Alckmin. As unidades estão localizadas na Estrada do Itaim, 60, Bairro Izildinha. Outra boa notícia para a região é a canalização de 2,7 quilômetros do rio Baquirivu-Guaçu, no trecho entre o rio Tietê e as alças de retorno da avenida Natália Zarif, próximo ao Parque CECAP.

“As unidades, de até três dormitórios, foram feitas no capricho. É uma grande conquista e, com isso, praticamente atendemos todas as famílias que foram removidas por causa da obra do Rodoanel. Ficamos felizes ao ajudar a realizar o sonho da casa própria dos cidadãos, com imóveis de alto padrão de qualidade”, disse o governador Geraldo Alckmn.

Das 178 famílias contempladas com moradias, 48 são do projeto Pimentas; 20 do Parque Várzea do Tietê; e 110 do programa de compensação social e reassentamento do Rodoanel Norte, que viviam em situação de aluguel social. Dessa forma, todas as famílias, da cidade de Guarulhos, retiradas das frentes de obras para a construção do Rodoanel, foram atendidas.

As moradias foram viabilizadas pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), que investiu R$ 32 milhões no empreendimento dividido em dois condomínios: um com 100 apartamentos e outro com 78 apartamentos. Cada unidade habitacional tem de 1 a 3 dormitórios, com metragens de 52,40 m² a 68,12 m². Todas possuem sala, cozinha e banheiro. Os condomínios têm quadra poliesportiva e CAC – Centro de Apoio Condominial.

Os imóveis também contam com piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos até o teto no banheiro e nas paredes da cozinha. Além de infraestrutura completa, como pavimentação, paisagismo, redes de água, esgoto e elétrica.

Ainda no município, o Governo do Estado assinou convênio para a regularização fundiária de 1.089 lotes, por meio do Programa Cidade Legal, que irá beneficiar mais de 4 mil pessoas.

Rodoanel Norte

Com a entrega dos 110 apartamentos do Conjunto Guarulhos E, o Rodoanel Norte totaliza 406 atendimentos com a casa própria e “zera” o número de famílias na cidade que aguardavam moradias em situação de aluguel social. No município, 900 famílias foram removidas em razão das obras. Além das que optaram pela moradia, 469 receberam indenizações financeiras ou outras formas de compensação assistida, de acordo com sua própria opção.

Em São Paulo, 401 também receberam apartamentos e mais 1.930 foram indenizadas pelas demais alternativas do programa. Em Arujá, apenas três famílias foram removidas e todas optaram pela indenização.

Desse modo, o programa de compensação social e reassentamento do Rodoanel Norte já concluiu o atendimento de 3.209 famílias, do total de 4.350 famílias removidas (74%), oferecendo apartamentos quitados a 807 famílias e indenizando outras 2.402 famílias.

Em parceria com a DERSA, a CDHU também analisa novas oportunidades de empreendimentos para as famílias restantes, sendo que estas podem requisitar, a qualquer tempo, a emissão de uma carta de crédito de até R$ 150 mil para a aquisição de um imóvel pelo qual venham a se interessar. Enquanto aguardam a solução definitiva de sua situação habitacional, estas famílias são assistidas com o pagamento de aluguel social de R$ 480 por mês.

Com investimento total de R$ 292,8 milhões do Governo do Estado, as famílias contempladas com unidades habitacionais já foram instaladas em suas novas residências:

  • Conjunto Habitacional Freguesia do Ó A (SP) – 118 famílias
  • Conjunto Habitacional Perus D (SP) – 140 famílias
  • Unidades adquiridas via Carta Crédito ou indenização assistida (SP) – 79 famílias
  • Conjunto Habitacional Clarice Lispector (Guarulhos) – 360 famílias
  • Conjunto Habitacional Guarulhos E (Guarulhos) – 110 famílias

Canalização do rio Baquirivu-Guaçu

Com o objetivo de reduzir o risco de enchentes na região, o governo paulista investiu R$ 42 milhões na canalização de 2,7 quilômetros do rio Baquirivu-Guaçu, em Guarulhos. O trecho cruza as rodovias Ayrton Senna e Dutra. A avenida Natália Zarif dá acesso ao aeroporto internacional de Cumbica. O projeto inclui a construção de uma nova ponte na rua José Marques Prata.

“Vamos aprofundar e alargar a calha do rio, além das intervenções nas margens e canalização do curso d’água até a chegada ao Tietê. Apenas quem passou por enchente conhece o drama do alagamento. Essa é uma obra de saneamento básico e que evitará enchentes”, ressaltou o governador.

A obra integra o programa Várzeas do Tietê e é executada pelo DAEE, órgão ligado à Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos, e conta com financiamento do BID. A expectativa é concluir o trabalho em 12 meses.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome