O que deve ser feito para manter aplicações seguras contra falhas exploradas por hackers

Os ciberataques vêm crescendo em número e complexidade. É preciso atenção redobrada para garantir a segurança de dados

0
239
segurança de informação
SB post

A preocupação com a segurança digital é cada vez mais destacada mundialmente. Isso é especialmente verdade para as empresas que precisam garantir que seus dados estão protegidos contra ataques e vazamentos. Afinal, eventos como esses podem ser desastrosos para um negócio.

Se engana quem pensa que apenas empresas grandes, como bancos e multinacionais com segredos corporativos precisam se preocupar com segurança da informação. Os ataques virtuais podem ser catastróficos mesmo para startups e pequenos negócios.

É interessante lembrar que todos os dados necessários para o funcionamento dos processos da empresa estão, normalmente, guardados em computadores. Aí se incluem números para acompanhamento, contatos de fornecedores, dados dos clientes e até mesmo sistemas de operação. Se essas informações forem comprometidas, o tempo necessário para recuperação pode gerar custos gigantescos. Custos, esses, que pequenas empresas não conseguem cobrir.

Além disso, o vazamento de dados pessoais e financeiros dos clientes pode ocasionar um pesadelo de relações públicas. É péssimo para a imagem da empresa e também pode ser muito difícil de se recuperar de um evento como esse.

Como se proteger?

Cada vez mais empresas contam com um time focado na segurança da informação. Para os empresários menores, também é possível contratar um profissional terceirizado ou uma consultoria, estratégia que pode reduzir os custos com segurança sem afetar a qualidade do processo.

“Para estar realmente protegida, é importantíssimo que a empresa conte com profissionais devidamente capacitados”, explica Dario Caraponale, sócio da Strong Security Brasil e especialista em segurança da informação. Segundo ele, a empresa não deve apenas contar com um líder especialista em segurança, mas precisa que os desenvolvedores dos aplicativos, sites e sistemas da empresa estejam habilitados em desenvolvimento seguro de aplicação. Também é preciso contar com ferramentas que ajudem a identificar falhas.

Certificações em segurança

Apesar da grande demanda no mercado de profissionais especializados em segurança, esse ainda é um ramo relativamente novo. Dessa forma, existem poucas formações e cursos direcionados à área no Brasil. No entanto, não faltam certificações que comprovam que os profissionais estão por dentro das últimas práticas de segurança mundiais. É o caso das certificações CSSLP da (ISC)2.

Essas certificações estão voltadas para o desenvolvimento seguro. Ou seja, práticas de programação que garantem que os programas e aplicativos não contenham vulnerabilidades que podem ser aproveitadas por hackers para roubar dados ou aplicar fraudes. Existem muitas certificações importantes para os profissionais de segurança. Mesmo aqueles que possuem formação ou especialização na área certamente se beneficiarão com as certificações.

No mundo da TI, dá-se muito valor às certificações. É como uma comprovação de que o profissional está atualizado nos seus conhecimentos, prática que é essencial no ramo de segurança da informação, já que as regras estão sempre mudando com o avanço das tecnologias.

Software como aliados

Além de profissionais qualificados, também é preciso garantir que eles possuam as ferramentas certas para realizar um bom trabalho. “É assim em qualquer profissão. Sem as ferramentas adequadas, fica muito mais difícil realizar um bom trabalho. No caso dos profissionais de segurança, temos programas que facilitam a identificação de falhas e vulnerabilidades nos códigos”, explica Caraponale.

Um exemplo é o APPSCAN, da IBM. Trata-se de uma ferramenta que identifica problemas comuns de segurança no código. O algoritmo funciona validando o código perante a diversos padrões universais de segurança, como o PCI Data Security Standard, Payment Application Data Security (PA-DSS), ISO 27001 e ISO 27002, HIPAA, GLBA e Basel II. O objetivo é mitigar os riscos e diminuir o número de vulnerabilidades que hackers podem explorar nos programas.

É preciso contar com um trabalho constante, pois os hackers estão sempre encontrando novas formas de explorar o código em aplicativos. É por isso que a atualização dos conhecimentos e a atenção às últimas notícias da área são tão importantes.

Saiba mais

A Strong Security Brasil é uma empresa especializada em segurança da informação que, durante cinco anos consecutivos, ganhou o prêmio da EC-COUNCIL, como melhor centro de treinamento de segurança da informação. Em parceria com as maiores referências mundiais no ramo, a Strong Security Brasil oferece treinamentos para as certificações, além de diversas soluções de segurança. Saiba mais: www.strongsecurity.com.br.

Website: http://www.strongsecurity.com.br

Conheça o portal de anúncios Será que Tem?

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome