Grupontapé apresenta “Tempo de Águas” em Festival de Sete Lagoas-MG

Grupo de teatro de Uberlândia-MG apresentará o espetáculo pela primeira vez no palco do Casarão.

0
253
SB post
Uberlândia-MG ,14/09/2017 – O Grupontapé de Teatro de Uberlândia-MG retornará, no dia 22 de setembro, a Sete Lagoas-MG pela primeira vez com o espetáculo “Tempo de Águas” encenado pelas atrizes Katia Bizinotto e Katia Lou, com a direção da atriz e diretora do Grupo Galpão, Inês Peixoto. Em única apresentação, a peça, que tem 70 minutos de duração, faz parte da programação do 4º Festival de Inverno/Primavera promovido pela prefeitura da cidade. O Grupo subirá ao palco do Casarão, local do evento, às 20 horas. A entrada é gratuita.
“Tempo de Águas fala sobre autonomia, justo o que o Grupo vinha buscando. Isso envolve, autoconhecimento, resiliência, aprendizado contínuo (…)”

 

Essa é uma das ações do projeto de manutenção do Grupo e da Escola Livre aprovado na Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais. Além da apresentação, será oferecida uma oficina de corpo com o ator e professor Cássio Machado, preparador corporal do espetáculo. O treinamento também será aberto ao público, no mesmo dia, das 10 às 13 horas, no Quintal de Histórias localizado na Avenida João Pinheiro, nº 174.

Tempo de Águas

O Grupontapé de Teatro é a primeira Cia. do Brasil a montar o texto da dramaturga argentina Patrícia Zangaro, com a tradução de Eduardo Moreira e Katia Lou.

A montagem conta a história de duas mulheres, uma velha e a outra jovem que, confinadas por causa de uma tempestade, refletem sobre a condição de suas vidas em meio a atritos e entendimentos. Um encontro inesperado que traz à tona revelações de um universo feminino, sobretudo humano.

“Tempo de Águas fala sobre autonomia, justo o que o Grupo vinha buscando. Isso envolve, autoconhecimento, resiliência, aprendizado contínuo, libertação dos medos e das suas prisões para uma libertação não do outro, mas de si mesmo”, comenta a atriz e cofundadora do Grupo, Katia Bizinotto. “Essa história para nós abre para muitas histórias dentro de cada um. A dramaturga argentina, Patricia Zangaro, é autora de diversos textos teatrais e coleciona muitos prêmios. Suas obras têm sido traduzidas para o português, inglês e francês”, complementa.

Além de Inês Peixoto na direção, o grupo contou com a parceria de profissionais de fora e do próprio Grupo que agregaram muito ao processo, como o ator, diretor e dramaturgo Eduardo Moreira, um dos responsáveis pela tradução do texto juntamente com a atriz Katia Lou; o multiartista Flávio Arciole, um grande e antigo parceiro do Grupo que juntamente com Inês Peixoto assina a criação dos figurinos e do cenário; Babaya Morais, preparadora vocal de importantes grupos e artistas, assumiu a direção de texto; Mona Magalhães, uma nova parceira a quem coube a caracterização das personagens; a atriz e diretora Juliana Nazar, que fez a assistência de direção; o premiado iluminador Alexandre Galvão, criador da iluminação dos dois últimos espetáculos do Grupo que, juntamente com Juliano Rodrigues, assinam a iluminação desse trabalho, e Vinícius Alves, que preparou a ambientação sonora do espetáculo e toda equipe do Grupontapé, entre outros profissionais e amigos que participaram do processo.

Website: http://www.grupontape.com.br

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome