Estação Cultura recebe exposição e intervenção de pioneiro do graffiti

Aberto ao público, espaço na sede da Secretaria da Cultura apresenta trabalhos de Binho Ribeiro, artista reconhecido internacionalmente

0
295
Painel interno na Estação Cultura é desenvolvido pelo artista Binho Ribeiro em mostra aberta ao público
SB post
O Estação Cultura, espaço aberto ao público localizado no prédio da Secretaria da Cultura do Estado e da Sala São Paulo, recebe exposição e intervenção de Binho Ribeiro, artista pioneiro do graffiti no Brasil e na América Latina.

A mostra tem entrada gratuita e apresenta pinturas em painéis externos, além de diversas telas desenhadas por Binho. Em um dos trabalhos, o artista convida para desenhar pessoas que realizam tratamento para dependência química da Instituição Recomeço. Em seguida, Binho escolhe um dos desenhos para pintar um mural baseado na interpretação e reflexão gerada por ele.

“O trabalho que eu trouxe para a Secretaria tem muito a ver com questões sociais, de autoafirmação, de busca pela vitória. Utilizo imagens de animais, pois eles habitam um universo mais surrealista e me dão liberdade de desprender a arte das coisas como elas são e ambientar um universo de imaginação, de sonho e de busca interior”, afirma Ribeiro, que pensa também no espaço da mostra para realizar suas intervenções.

“Essa ideia tem uma ligação forte com o entorno da Secretaria da Cultura, com as mudanças urbanas e questões sociais da região, e acredito que a arte pode somar e contribuir muito com o social. Abrir esse espaço dentro da Secretaria é abrir um importante diálogo com as pessoas”, completa o artista.

Binho Ribeiro atua na arte do graffiti desde 1984. Suas obras estão em São Paulo, Rio de Janeiro, Santiago, Buenos Aires, Nagoya, Tokyo, Osaka, Miami, Nova York, Los Angeles, Beijing, Hong Kong e Paris, e retratam universos lúdicos e totalmente surrealistas com cores fortes e movimentos suaves que realçam suas influências orientais e brasileiras de forma única e representativa.

serviço

Estação Cultura
Até 10/3, na sede da Secretaria da Cultura do Estado (Térreo)
Aberto ao público para acompanhar todo o processo de montagem
Rua Mauá, 51, Luz
Próximo às estações Luz do Metrô e CPTM e Júlio Prestes da CPTM
Estacionamento pago no local (3 horas por R$15,00)
Classificação livre

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome