As religiões com mais fiéis no mundo – 2021

0
160
As religiões com mais fiéis no mundo – 2021
SB post

Conheça as religiões com mais fiéis no mundo em 2021. Existem 7 bilhões de pessoas no mundo, e mais de 5 bilhões dessas pessoas acreditam em alguma coisa ou seguem uma crença religiosa.

A religião pode ser considerada um conjunto de crenças e filosofias, formando diferentes tipos de pensamentos e opiniões. Cada religião tem suas características e formas de praticá-la.

A crença de um povo faz parte da cultura. Neste texto queremos mostrar um pouquinho de cada uma, para que você conheça as religiões com mais fiéis no mundo.

1º Cristianismo

Praticantes: 2.3 bilhões.
Principais por população: EUA, Brasil, Rússia e México.

Em primeiro lugar está o cristianismo. Mesmo com o crescimento de outras religiões, o cristianismo segue sendo a crença com mais seguidores no mundo.

Dentro dos ensinamentos há várias vertentes do cristianismo, as mais conhecidas são o catolicismo, o protestantismo e o ortodoxo. Sendo o catolicismo a que contém mais adeptos.

A doutrina se baseia no monoteísmo, ou seja, na crença em um único Deus. Como há várias doutrinas dentro do Cristianismo, podemos dizer que a semelhança delas é que os cristãos seguem a vida e os ensinamentos de Jesus que são encontrados na Bíblia Sagrada.

2º Islamismo

Praticantes: 1.9 bilhões.
Principais por população: Indonésia, Paquistão, Índia e Bangladesh.

O islamismo foi fundado pelo profeta Maomé (Muhammad). Os adeptos ao Islamismo são conhecidos como muçulmanos, eles se dividem em duas categorias: sunitas e xiitas.

Os mulçumanos acreditam que o objetivo da existência se baseia em servir a Deus, a quem eles chamam de Allah. Para mostrar devoção a Allah, os muçulmanos realizam o Ramadã, um mês em que eles jejuam e se abstém de muitas coisas, ao término do Ramadã, é feita uma grande festa.

Seus fundamentos estão no livro sagrado conhecido como Alcorão e assim como no cristianismo, os mulçumanos acreditam em um único Deus. Sendo assim, a religião segue tendo muita semelhança com o cristianismo e o judaísmo.

Os cinco pilares do islã, consistem em:

  • Fé;
  • Oração;
  • Jejum;
  • Peregrinação;
  • Esmola.

3º Ateísmo e Agnósticos

Estimativa de não-praticantes: 1.1 bilhão.
Principais países: República Tcheca, Coreia do Norte, Estônia e Japão.

Não é uma religião, muito pelo contrário, esse é o número de pessoas que não acreditam em Deus (ou em deuses), em vida após a morte ou religiões baseadas na fé.

Segundo a pesquisa da World Population Review, este é o número de pessoas que não acreditam em nada e não seguem nenhuma religião.

Para uma pessoa não-religiosa, tudo tem uma explicação científica para acontecimentos que são considerados milagres.

Apesar de não ser uma religião, achamos interessante o fato, e resolvemos colocar na lista!

4º Hinduísmo

Estimativa de praticantes: 1.1 bilhões.
Principais por população: Índia, Nepal, Bangladesh e Indonésia.

Com 80% dos praticantes apenas na índia e no Nepal, os Hindus ficam em terceiro lugar com a religião com mais adeptos no mundo.

Diferente das duas primeiras colocações, o hinduísmo é politeísta e acredita na existência de vários deuses. Cada um desses deuses tem características próprias e podem ser encontrados em diversos lugares, como o deus do sol, deus da chuva, deus do mar, e assim por diante. Podendo chegar a 330 mil deuses.

Sem uma doutrina única, as crenças do hinduísmo se baseiam em alguns livros, como o Upanishads, Bhagavad Gita, Ramayana, Mahabharata e os Vedas.

A doutrina dos hindus, fala sobre alcançar a iluminação se não caímos na ilusão do mundo terreno. Para chegar neste nível mais rápido, a pessoa pode praticar ioga, rezar e recitar mantras.

Outros conceitos hindus:

  • Dharma – Ética e deveres;
  • Artha – Prosperidade e trabalho;
  • Kama – Desejo e paixões;
  • Moksha – Liberdade, salvação e renascimento;
  • Karma – Ação, intenção e consequência;
  • Samsara – Ciclo de morte e renascimento.

5º Budismo

Estimativa de praticantes: 507 milhões.
Principais por população: China, Tailândia, Japão e Mianmar.

A doutrina budista se baseia nos ensinamentos de Siddhartha Gautama, mais conhecido como o Buda (que significa “iluminado” em hindu). O líder religioso que viveu na Índia, não deixou nada escrito, mas seus discípulos escreveram acerca de seus ensinamentos para que os futuros fiéis pudessem conhecer a filosofia.

No Budismo não existe um Deus central, o próprio Buda pediu que ele não fosse adorado, e que o Budismo é um estilo de vida, e não uma religião.

Os budistas acreditam que tudo que acontece é regido pelo universo, e que a reencarnação é uma forma de evolução do ser humano. Essa religião oriental, ainda acredita que vida presentes e passadas estão interligadas.

O budismo segue a Roda do Dharma que são 8 regras que levam a uma vida justa e iluminada.

8 passos da Roda do Dharma:

  • Correta compreensão;
  • Correta postura mental;
  • Correto modo de falar;
  • Correta ação;
  • Correto modo de vida;
  • Correto esforço;
  • Correta atenção;
  • Correta concentração.

Entre os vários ensinamentos que existem estão: o budismo Theravada e o budismo Mahayana.

6º Religião Tradicional Chinesa

Estimativa de praticantes: 394 milhões.
Principais Países: China.

É um termo usado para definir o conjunto de tradições étnicas e religiosas chinesas.

As duas vertentes principais vêm do ying e yang, ou prestar cultos aos shens que podem ser divindades da natureza, semi deuses ou ancestrais.

Os praticantes da Religião Tradicional Chinesa misturam muitas crenças e diferentes doutrinas, como o Taoísmo, Budismo e o Confucionismo.

7º Religiões Indígenas

Estimativa de praticantes: 300 milhões.
Principais países: Haiti, Guiné-Bissau, Camarões e Togo.

Existem muitos povos indígenas no mundo, e é muito difícil catalogar todas as religiões das tribos. Mas é possível apontar o xamã (ou pajé no Brasil), como uma das figuras centrais.

O xamã é um líder espiritual que através do transe consegue unir a tribo dos vivos, com a tribo dos espíritos. Uma das funções do xamã é de se conectar com os espíritos, para afastá-lo de pessoas enfermas, sendo assim, o líder espiritual é muito procurado para serviços de cura.

Além da figura do xamã, cada aldeia indígena tem suas crenças e rituais. Muitos deles acreditam em lendas, espíritos da natureza, espíritos dos animais, deuses, ou até mesmo em um único Deus.

A religião indígena – apesar de ser catalogada como religião – é mais um modo de vida dos povos que vivem nas tribos e que reproduzem seus costumes de geração em geração.

Leia também: O poder da prece: Uma avaliação científica

8º Religiões Tradicionais Africanas

Estimativa de praticantes: 100 milhões.
Principais países: África.

Assim como a religião Indígena, a religião africana tem muitos ramos, e são praticadas em cada de diferentes formas em cada país.

A religião africana é passada de forma oral, sem ter qualquer escritura os orientando. As histórias são passadas de uma geração para outra, através de contos populares, canções e festivais.

As religiões tradicionais africanas têm crenças em espíritos, uso de magia, adivinhação medicina tradicional africana, por vezes existe um criador supremo, ou uma força maior.

As religiões africanas também são adeptas ao animismo que é a crença em entidades não humanas, como animais, plantas e objetos inanimados.

No Brasil, uma das vertentes mais conhecidas é a Umbanda e o Candomblé.

9º Sikhismo

Estimativa de praticantes: 26 milhões.
Principais por população: Índia, Reino Unido, Canadá e EUA.

O Sikhismo também nasceu na índia e seus ensinamentos se baseiam na vida de Guru Nanak. A doutrina é monoteísta. Os participantes acreditam na influência do Karma na vida das pessoas, e que suas vidas atuais estão relacionadas com suas vidas passadas.

Apesar de ser uma das religiões mais jovens entre as maiores religiões que existem no mundo, o Sikhismo ainda garante o nono lugar.

Os adeptos são chamados de Sikhs, e são reconhecidos pelo uso de turbantes, por vezes, confundidos com a prática muçulmana. A religião cresceu tanto que se expandiu para os EUA, Reino Unido e Canadá.

10º Judaísmo

Estimativa de praticantes: 14.7 milhões.
Principais por população: Israel, EUA, França e Canadá.

O judaísmo é a principal religião em Israel e foi a primeira a ser monoteísta. Os judeus não reconhecem Jesus como o filho de Deus, a convicção judaica é de que todos os seres humanos são iguais e que nenhum é mais divino que o outro. Portanto, eles ainda esperam a vinda do Messias.

O livro seguido pelos judeus é o Torá, e as leis religiosas são encontradas no Talmud, onde estão os 613 mandamentos de Moisés, conhecidos também como as leis mosaicas.

O judaísmo é praticado desde 500 a.c e existem três principais ramos do judaísmo: ortodoxo, conservador e reforma.

11º Espiritismo

Estimativa de praticantes: 14.5 milhões.
Principais por população: Cuba, Jamaica, Brasil e Suriname.

Criada no século XIX, o espiritismo é uma religião muito presente no Brasil.

A crença se expandiu na França, com a publicação do livro de Allan Kardec “O Livro dos Espíritos”, que tem como base a reencarnação do espírito após a morte.

O espiritismo está atrelado à doutrina de que a reencarnação é uma forma de evolução contínua do espírito humano. Dessa forma, a religião incentiva os membros a praticarem a caridade, para que suas próximas reencarnações sejam boas.

Outra característica do espiritismo é o membro com maior sensitividade ajudar outros membros a harmonizar seus estados psíquicos e emocionais, já que geralmente não existe um líder central no espiritismo.

No Brasil, o médium de maior popularidade no espiritismo foi o Chico Xavier.

Conclusão

Há muitas religiões no mundo, e cada uma delas tem sua particularidade e formas de realização.

Mas a semelhança que podemos ver em cada uma delas, é que de alguma forma elas estão tentando ajudar o próximo, a natureza ou a si mesmo.

E isso é o que realmente importa! Nos fazendo bem e não prejudicando as demais pessoas, toda crença (ou até mesmo a ausência dela), é válida.

E você? Conhecia todas elas? Gostou de alguma? Conta pra gente.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome