As maiores contribuições da era digital para a humanidade

0
470
As maiores contribuições da era digital para a humanidade
SB post

Falar sobre a era digital é falar sobre o nosso presente, pois ela já chegou e nos acompanha ao longo do dia a dia de cada um de nós.

É a conexão das informações e a produção de dados, tecnologias como a inteligência artificial, a computação nas nuvens e a internet das coisas.

No mundo dos negócios envolve a entrega de experiências cada vez mais dinâmicas ao consumidor, a conexão para gerar valor estratégico.

O acesso à tecnologia abriu um novo mundo de possibilidades. Um ótimo exemplo disso é a automação de processos industriais, que teve uma enorme evolução por causa do surgimento de novas tecnologias digitais.

Para adaptar o seu negócio a tantas mudanças é preciso investir em novas tecnologias, melhorar a infraestrutura da TI e mudar o modo de pensar, o mindset.

Neste artigo falaremos sobre a era digital e como foi esse processo de transformação, mostrando sua influência na sociedade e mundo dos negócios.

O que é a era digital?

A era digital começa no final do século XX, após os avanços das Revoluções Industriais, sendo também chamada de era da Informação ou era tecnológica.

Trata-se de um período na história da humanidade em que os fluxos de informação estão otimizados, em que as novas tecnologias mudam a maneira de pensar, se comunicar e trabalhar.

Ainda se torna importante citar que o uso de sensores de segurança para máquinas, tornam os ambientes industriais mais seguros e vieram para mudar o ar de insalubridade que existia nas fábricas nos períodos industriais.

A passagem da era industrial para a era digital

Vamos fazer um resumo desde a Primeira Revolução Industrial até a chegada da era digital para contextualizarmos melhor este tema.

A Primeira Revolução Industrial começou na Inglaterra no século XVIII, marcada pela invenção da máquina a vapor que trouxe muitos benefícios principalmente para a produção têxtil.

Dessa forma, aumenta a quantidade de mercadorias produzidas, bem como o número de fábricas e as profissões;

Houve a mecanização para a atividade agrícola e o auxílio para que muitas cidades pudessem crescer, com a criação de ferrovias para agilizar o transporte.

Já entre o século XIX e o século XX ocorre uma segunda Revolução Industrial, que representou uma maior quantidade de inventos produzidos e comercializados, tais como:

A Terceira Revolução Industrial é o início da era digital, que se inicia no fim do século XX, levando a diversas transformações na economia internacional.

Foi o resultado de uma integração cada vez maior entre ciência, produção e tecnologia, com o descobrimento da robótica e a chegada dos computadores e da internet.

Houve mudanças nos modelos de trabalho, no cotidiano das pessoas e nas cadeias de produção industrial, trazendo mais agilidade e conforto para as vidas das pessoas.

A Quarta Revolução Industrial marca a era da personalização, em contraposição à anterior que era marcada pela massificação de produtos e serviços.

Máquinas especiais automação são aplicadas para tornarem o produto cada vez mais comercializável em uma era em que cada um pode escolher os jornais que lê, escolher o que quer comer, enfim, tomar as próprias decisões.

É possível escolher o conteúdo que lhe agrada mais e navegar por ele em aplicativos que fornecem as mais variadas opções.

É a união de tecnologias biológicas, digitais e físicas em uma só, encurtando distâncias, revolucionando sistemas e salvando vidas.

Aqui surge um novo conceito, da indústria 4.0, que aplica a inteligência artificial para automatizar e customizar processos, como em uma empresa de galvanoplastia de metais.

Dessa forma a era digital começa com a Terceira Revolução Industrial e não para mais em seu desenvolvimento.

Foi uma verdadeira revolução quanto ao acesso à informação, nas interações e nas comunicações.

São tablets e smartphones que colocam a conexão com o mundo todo na palma de nossas mãos.

Assim, cabe às empresas utilizar a tecnologia e a informação a seu favor para desenvolver inovações que atendam melhor ao cliente.

Os consumidores estão cercados de informações e buscam acompanhar todas essas mudanças, buscando empresas que atendem suas exigências com qualidade e agilidade, e que falam a mesma linguagem do público.

Benefícios da era digital para as empresas

Separamos abaixo alguns dos principais benefícios que uma empresa com tecnologia de ponta, como uma fabricante de máquina de corte e solda de sacos plásticos, podem ter na era digital, tais como:

  • Acelerar processos;
  • Acelerar a propagação de informações;
  • Aproxima a empresa dos clientes;
  • Aumenta a produtividade;
  • Dá mais agilidade para as tomadas de decisão;
  • Impulsiona o consumo;
  • Reduz custos;
  • Traz novas oportunidades.

A informação é o que temos de mais precioso na Era digital, e isso pode ajudar as empresas a entregar mais valor para seus consumidores.

Com as empresas estando mais próximas dos clientes, com maior eficiência para atender suas necessidades e entregar soluções mais personalizadas.

A influência da era digital na sociedade

Não apenas empresas e fabricantes como um negócio de máquina envasadora de líquidos, a era digital também atinge pessoas, relacionamentos, profissões e atividades da sociedade.

Atualmente todas as pessoas estão conectadas, trocando mensagens em aplicativos como o WhatsApp ou compartilhando histórias do Instagram, por exemplo.

Existe tanta conectividade em nossas vidas, que ocorre até uma certa dependência dessa tecnologia.

Perceba a quantidade de arquivos que você tem salvado na nuvem ou o quanto seu trabalho depende da internet.

É praticamente impossível pensar o mundo atual sem a tecnologia. Tudo seria muito diferente e não estaríamos conectados.

O trabalho na era digital

O mercado de trabalho é amplamente influenciado pelas mudanças que a era digital nos trouxe.

Surgem novas profissões, outras se modificam ou são substituídas por robôs. Também cresce o número de postos de trabalho em casa, o home office.

Como profissionais é preciso que estejamos atentos a essas mudanças no cenário que se torna mais competitivo e inovador, cobrando novas habilidades e novas competências.

Existem várias exigências como agilidade, criatividade, multidisciplinaridade, saber lidar com novas ferramentas, máquinas e tecnologias.

O grande desafio dos profissionais neste mercado 4.0 é estar preparado e capacitado para as oportunidades, usufruindo das vantagens e possibilidades oferecidas pela era digital.

A tecnologia na era digital

Podemos colocar a tecnologia como uma das principais engrenagens da era digital. Como pode ver, sua função não é apenas facilitar as atividades do dia a dia, mas também melhorar processos e revolucionar modelos de negócios.

A tecnologia impulsiona a criação de novos produtos, levando a criar mais funcionalidades e recursos.

Uma forma de ver isso ocorrendo na prática é olhar dando significância para tecnologias que se desenvolveram de outras como, por exemplo, a realidade aumentada e a internet das coisas.

Como a adequação de máquinas e equipamentos devem estar em dia, a tecnologia sempre se mantém atualizada, se renovando e adequando a sociedade.

Os desafios da comunicação na era digital

Devido a fatores como a agilidade, o dinamismo e a conveniência que existem no mundo virtual, a internet se tornou o principal meio de comunicação da sociedade atual.

As notícias são geradas e divulgadas em tempo real, o que é muito mais rápido que o processo necessário para a criação de jornais impressos.

A tecnologia trouxe uma nova forma de se comunicar e de gerar conhecimento, revolucionado a comunicação.

Houve a quebra de paradigmas em áreas como jornalismo, publicidade, marketing e hábitos dos comércios.

Existe uma exigência para que campanhas publicitárias sejam o mais criativas possível, e ainda assim a concorrência é alta com conteúdos de alta segmentação.

Entre os principais desafios na comunicação na era digital, podemos citar alguns principais, tais como:

  • Atender à agilidade, conveniência e dinamismo exigidos pela internet;
  • Filtrar as excessivas informações que surgem a cada instante;
  • Filtrar e lidar com as temidas fake news;
  • Saber como se comunicar no mundo virtual;
  • Prever crises;
  • Se atualizar sobre novos conceitos, tendências e/ou ferramentas.
  • Além de agilidade e criatividade, é preciso ter conhecimento estratégico, técnico, bom senso e responsabilidade.

Considerações finais

Vivemos na era digital, e ela não representa somente o presente, mas o futuro também. No mundo dos negócios, sai na frente quem estiver mais preparado para lidar com as mudanças constantes da tecnologia.

O que temos é um cenário de amplas possibilidades para aquelas empresas e empreendedores que realmente querem atender as expectativas dos clientes, atendendo suas necessidades de forma personalizada.

Criou-se um perfil de consumidor mais conectado, informado e exigente, que exige um atendimento eficiente, único e imediato.

Nesse sentido, o desafio é saber como e quanto identificar novas oportunidades para uma experiência mais completa e interativa.

Implemente novas tecnologias, tanto para se comunicar com seus clientes quanto para melhorar seu modelo de negócio, bem como a gestão e os processos.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Publicidade
COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo as doenças imunológicas afetam a saúde bucal?
Renata Heining - Formada em Jornalismo em 2016, mas apaixonada por escrever desde os 10 anos de idade. Hoje, na área que ama: Redação!

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome