Itaquá promove encontro regional voltado a políticas públicas para mulheres

0
280
SB post

Na manhã desta segunda-feira (26/02) a cidade de Itaquaquecetuba contou com um encontro regional para debater políticas públicas para mulheres, com objetivo de fortalecer e até mesmo implantar novas ações em benefício dos direitos, segurança para as mulheres e ainda aumentar a representatividade das mesmas dentro de autarquias, empresas e nos poderes públicos. O encontro que aconteceu na Câmara Municipal, contou com total apoio da secretária de Políticas Públicas, Joerly Nakashima, primeira dama, que estava acompanha de seu esposo, o prefeito Dr. Mamoru Nakashima.

As temáticas deste evento começaram a ser debatidas, inclusive na semana anterior, quando a chefe da pasta de Políticas para Mulheres, recebeu em seu gabinete, as vereadoras Adriana Aparecida Felix, Aparecida Barbosa da Silva e Maria Aparecida Monteiro Rodrigues da Fonseca, responsáveis pelo encontro.

De acordo com a primeira dama, este tipo de atividade é essencial e visa unir forças para o combate a violência doméstica, além de apresentar novas propostas que venham atender a demanda de forma regionalizada. “Com a presença dos representantes de todas as cidades do Alto Tietê, conseguimos inclusive conhecer os projetos existentes em cada município e colocar novas ideias em prática”, comentou dona Jô, que ainda frisou que tem o objetivo de fortalecer o serviço oferecido nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do município para atendimento das mulheres vitimas de violência.

A secretária que também é responsável pela pasta de Desenvolvimento Social e presidente do Fundo Social de Solidariedade, explicou que o foco é melhorar e humanizar cada vez mais os serviços ofertados. Presente também no início do evento, o prefeito de Itaquá, Dr. Mamoru Nakashima elogiou a iniciativa de um encontro regional e ressaltou a relevância em debater a conscientização e educação para tentar mudar a realidade, principalmente no que se diz respeito à violência.

O encontro teve a articulação em forma de roda de conversa e as propostas foram surgindo, porém, o município de Itaquá apresentou o trabalho realizado na cidade, por meio da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres, como o avanço em articular rede de enfrentamento a violência contra a mulher, à existência da sala rosa nas delegacias, a Ronda Maria da Penha e a participação na Câmara Técnica do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat).

As propostas do evento, como a Casa Abrigo regionalizada, hospital de referência e capacitação para atendimento das mulheres vitimas de violência nas delegacias, serão formalizadas em um documento que irá para analise das cidades da Região do Alto Tietê e, posteriormente, fazer com que o mesmo chegue a esfera estadual. Um novo encontro deverá ser realizado no mês de abril.

PARTICIPAÇÃO Estiveram no evento o presidente da Câmara de Itaquaquecetuba, o vereador Roberto Carlos do Nascimento Tito e o vereador Celso Reis, bem como representantes dos poderes Legislativo e Executivo da região, da Defensoria Pública de Itaquaquecetuba, presidentes e representantes de Fundos Sociais de Suzano, Poá, Santa Isabel, Guararema, Mogi das Cruzes, Guarulhos, Biritiba Mirim, Salesópolis e Arujá, além de profissionais de psicologia e assistência social.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome