Audiência pública no Bunkyo resulta em unanimidade a favor de um Sesc em Mogi

0
397
SB post

A audiência pública realizada na noite desta quinta-feira (19/10), para debater o projeto de instalação de uma unidade do Serviço Social do Comércio (Sesc) em Mogi das Cruzes teve resultado unânime. Foram 40 votos favoráveis ao Sesc e zero contra. A única abstenção partiu do secretário municipal de Cultura e coordenador municipal de Turismo, Mateus Sartori, que tem sido o representante oficial da Prefeitura neste ciclo de encontros. A reunião seguiu os mesmos moldes da audiência realizada no Theatro Vasques no dia 2 de outubro e foi feita na sede administrativa do Bunkyo, na Vila Industrial.

Participaram da audiência o presidente do Bunkyo, Frank Tuda, o vereador Pedro Komura, representantes de movimentos sociais favoráveis ao Sesc, como Jair Pedrosa, do Movimento Sesc Mogi e a população geral interessada. Além da aprovação unânime do projeto, foi pontuado que este é um sonho antigo da cidade, algo que Mogi merece e que se tornará mais um polo de atendimento a todos os municípios da região, com a oferta de esporte, cultura, lazer, saúde e assistência social.

Além disso, nesta quinta-feira também foi realizada audiência com conselheiros tutelares da cidade, que aprovaram o Sesc, destacando que o equipamento servirá como importante ferramenta de transformação da realidade de crianças e jovens de toda a cidade.

Com isso, já são 21 audiências concluídas, todas com deliberações favoráveis ao Sesc Mogi das Cruzes. O processo de consulta pública como um todo, considerando não só as audiências, como também participação online e coleta de assinaturas, já englobou 3.255 pessoas, sendo que 3.160 (97,08%) se declararam a favor do projeto.

Mais duas reuniões com conselhos municipais estão agendadas para a próxima semana., na quarta-feira (25/10). A primeira, às 9h, será com o Conselho Municipal da Mulher e a segunda, às 18h30, com o Conselho Municipal de Saúde.

O secretário Mateus Sartori tem sido o representante oficial da Prefeitura neste ciclo de encontros. A meta é ouvir o maior número possível de pessoas, bem como coletar propostas, tornando o processo transparente, democrático e participativo.

Até o dia 29 deste mês está disponível na Internet uma enquete, que também visa coletar opiniões da população mogiana sobre o projeto. Além de dar corpo ao processo de consulta pública, a pesquisa também responde a dúvidas que o público venha a ter sobre Sesc.

“Quero um Sesc em Mogi?”

Dúvidas também podem ser sanadas por meio do FAQ Sesc Mogi, disponível no site da Prefeitura de Mogi das Cruzes. (Lívia de Sá)

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome