Roda de conversas sobre a pessoa idosa é destaque no CEU Ponte Alta

0
420
SB post

Cerca de cem pessoas participaram nesta quinta-feira, dia 9, de uma Roda de Conversas sobre a Pessoa Idosa, no CEU Ponte Alta. A atividade, uma iniciativa da Prefeitura de Guarulhos, por meio das Subsecretarias de Políticas para o Idoso e da Igualdade Racial, contou com danças sênior e cigana e muita troca de informação com os idosos, profissionais da saúde e populares do bairro e região.

A Roda de Conversa foi acompanhada pelo subsecretário de Políticas para o Idoso, Walid Shuqair, pelo presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Antonio Batista Nunes, a coordenadora do Fórum Popular do Idoso, Zina Costa, e do assistente social Iran Marques, que representou o subsecretário de Igualdade Racial, Anderson Guimarães.

A primeira roda de conversas foi com o economista e advogado especialista em direito processual, Charlles Jaoude, que debateu o tema dos direitos e estatuto do idoso. Dando seguimento aos assuntos explanados pelo advogado, a servidora da Rede Fácil, Elaine Travlos orientou sobre alguns dos serviços ofertados pela Prefeitura de Guarulhos em benefício do idoso.

O coordenador do Centro de Igualdade Racial, Thalles Guarani, iniciou a segunda roda expondo os últimos acontecimentos envolvendo o jornalista da Rede Globo William Waack, que foi filmado profanando frases racistas, para iniciar o debate sobre os problemas enfrentados pelos idosos com relação a igualdade racial.

O grupo de dança sênior fez com que toda a plateia, mesmo sentada, trabalhasse mãos e pés, mostrando que mesmo na terceira idade, e com algumas limitações, é possível manter uma vida saudável, exercitando corpo e mente, sempre no ritmo da música. A dança cigana levou o público ao palco para encerrar o evento ao som de “O Meu Sangue ferve por você”, de Sidney Magal.

Para o subsecretário de Políticas para o Idoso, Walid Shuquair, a ideia é descentralizar um pouco as ações, levando-as para os bairros mais distantes. “Precisamos trazer os eventos para lugares menos centrais, que precisam de acesso fácil às informações e mais conhecimento dos serviços públicos ofertados. Essa é nossa ideia”, disse.

Essa primeira Roda de Conversas sobre a Pessoa Idosa agradou os moradores da Ponte Alta, que elogiaram a iniciativa. Para o secretário de Assuntos Difusos, Lameh Smeili, “é importante levar as ações da Prefeitura para os bairros mais distantes”. Ele adianta que mais edições de roda de conversa estão previstas para ocorrer em outros bairros da cidade.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome