Marcus Melo destaca novas ações para Agricultura no 27º Furusato Matsuri

Inauguração será no dia 17/11 às 16:30h

0
316
SB post

O público pôde conferir a programação do 27º Furusato Matsuri, na Associação dos Agricultores de Cocuera, neste domingo (12/11), das 10h30 às 19h30. A abertura oficial realizada na manhã deste sábado (11/11) reuniu autoridades, que destacaram a riqueza agrícola de Mogi das Cruzes e região e sua importância para a sociedade em geral. O prefeito Marcus Melo apresentou novas ações voltadas para o segmento, como a inauguração da nova sede da Secretaria Municipal de Agricultura e benefícios para as estradas vicinais da cidade.

A Pasta passará a funcionar no Mercado do Produtor Minor Harada, no Mogilar. “O objetivo é de que a equipe esteja mais próxima dos produtores, varejistas e feirantes. É um setor que movimento cerca de R$ 1 bilhão e temos que fortalecer para continuarmos avançando”, observou Melo. Durante a solenidade, Melo convidou a todos para a inauguração , que será na próxima sexta-feira (17/11), às 16h30.

A melhoria nas estradas vicinais também foi destacada pelo prefeito. A equipe da Secretaria de Agricultura trabalha no projeto Novos Caminhos, um mapeamento dos pontos críticos das estradas vicinais do município. Foi solicitado um financiamento junto ao Governo Federal de R$ 4,7 milhões para a aquisição de equipamentos para a manutenção.

O tradicional festival agrícola mogiano conta com apoio da Prefeitura de Mogi das Cruzes.“São 20 anos de festa do pêssego e mais 27 de Furusato, são 47 anos de tradição em nossa cidade. Parabéns à organização do evento que mantém a tradição da colônia japonesa, apresentando importantes atividades econômicas, não só a agricultura, mas grandes empresas como a NGK, que escolheram investir em Mogi das Cruzes”, disse o prefeito.

O tema do evento neste ano é gratidão. “Temos muito que agradecer á terra pelo nosso sustento e de nossas famílias. Ela é a base da nossa sobrevivência e temos que preservá-la”, disse o presidente da Associação dos Agricultores do Cocuera, Antonio Waragaya. O secretário de Agricultura, Renato Abdo, destacou que o evento tem a responsabilidade de representar e apresentar a todos a riqueza e a importância da agricultura. “Este festival tem a responsabilidade de apresentar para todos a relevância do setor agrícola para o dia a dia do cidadão”, disse.

Mogi das Cruzes produz aproximadamente 560 mil toneladas de hortaliças anualmente e está inserido no Cinturão Verde de São Paulo. A cidade também é considerada a maior produtora de orquídeas e hortênsias do país e possui 60% dos produtores do país, com uma produção diversificada de 4,7 mil toneladas. Neste ano, a Prefeitura assinou contrato com duas cooperativas da cidade para o fornecimento de 150 toneladas de legumes e verduras produzidos na cidade para as escolas e creches da rede municipal de ensino.

A importância de investir no futuro do setor foi apontada pelo vice-prefeito Juliano Abe. “Buscamos inovação o tempo todo. Precisamos continuar inovando para gerar o pioneirismo que tínhamos em décadas anteriores”, disse. A abertura do evento também contou com a presença do vereador Pedro Komura, o secretário adjunto de Estado da Cultura, Romildo Campelo, os deputados estaduais Marcos Damásio e Luiz Carlos Gondim, secretários municipais e representantes de entidades do setor agrícola e do Consulado do Japão. (Kelli Correa Brito)

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome