Cidades de Jandira e Cubatão terão unidades do Bom Prato

No Palácio dos Bandeirantes, governador Alckmin autorizou também doação do antigo fórum para ampliação da Santa Casa de Matão

0
724
Bom Prato oferece comida de qualidade
SB post

Em evento no Palácio dos Bandeirantes na segunda-feira (26), o governador Geraldo Alckmin autorizou a implantação de unidades do restaurante Bom Prato nos municípios de Jandira e Cubatão.

Ao todo, serão entregues seis novos restaurantes em 2018, incluindo Araçatuba, Ribeirão Preto, Itapevi e São Bernardo do Campo.

“É sempre uma alegria poder anunciar a ampliação desse programa, que é o nosso melhor programa. Alimentação nutricionalmente balanceada por apenas R$ 1 garantindo, para quem está fora de casa, uma alimentação de qualidade”, afirmou o governador durante o evento.

Segundo anunciado, a unidade de Jandira entrará em funcionamento no próximo mês de junho, enquanto a de Cubatão deve começar a operar no segundo semestre deste ano.

Ambas as unidades serão os primeiros restaurantes Bom Prato nos municípios. O Bom Prato Cubatão e Jandira servirão 1.200 almoços e 300 cafés da manhã, com total de 1.500 refeições diárias cada.

“Com isso, os moradores que vivem em situação de vulnerabilidade social terão uma oferta de alimentação balanceada e de qualidade, com o maior programa de segurança alimentar do país”, disse o Secretário de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo, Floriano Pesaro.

Sobre o Bom Prato

Criado há 17 anos, a rede de restaurantes populares oferta alimentação balanceada e de qualidade (almoço e café da manhã) com foco na população de baixa renda, idosos e pessoas em situação de vulnerabilidade social.

No Estado de São Paulo, o Bom Prato é coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e serve diariamente cerca de 87 mil refeições. Desde a inauguração em 2000, já serviu mais de 193 milhões de refeições e investiu mais de R$ 530 milhões no programa. Além disso, serviu 300 mil toneladas de alimentos e 200 milhões de frutas.

A alimentação é balanceada com 1.200 calorias, composta por arroz, feijão, salada, legumes, um tipo de carne, farinha de mandioca, pãozinho, suco e sobremesa. O café da manhã é oferecido leite com café, achocolatado ou iogurte, pão com margarina, requeijão ou frios e uma fruta da estação. A refeição, de 400 calorias em média, custa R$ 0,50 ao usuário.

Em setembro de 2011, o café da manhã foi implantado em todos os restaurantes. Crianças até seis anos têm a refeição gratuita.

Doação do antigo fórum para ampliação da Santa Casa de Matão

Ainda no evento na sede do governo, Alckmin assinou a doação à Sociedade Matonense de Benemerência – Hospital Carlos Fernando Malzoni, de parte de um imóvel de propriedade do Estado, que abrigou o antigo Fórum de Matão.

“A Santa Casa de Matão é um hospital exemplar, tem uma boa gestão e presta um serviço de referência. Com essa nova área, vai poder expandir o atendimento, beneficiar mais pessoas e ampliar os seus bons serviços à população, gratuitamente pelo SUS”, falou o governador.

Na área com mais de 3,3 mil m², a Santa Casa projeta a implantação de novas modalidades ambulatoriais, de oncologia, centro de transplante de medula óssea e unidade hemodinâmica.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome