Marketing de conteúdo: como criar o conteúdo

0
249
Marketing de conteúdo: como criar o conteúdo
SB post

Cada vez mais relevante para as empresas, o Marketing de Conteúdo é um conjunto de técnicas que está baseado na produção de materiais relevantes para o público-alvo.

Eles devem ser capazes de ajudar no esclarecimento de dúvidas, atração de potenciais clientes e na criação de uma imagem de autoridade sobre determinado tema para um empreendimento.

Certamente, quanto melhor for o conteúdo produzido, maiores são as chances de o público ter uma percepção positiva sobre a empresa.

Diversas marcas se fazem presentes na internet por meio de blogs e redes sociais, entre outros tipos de conteúdos, se posicionando em seus segmentos de atuação.

Entretanto, é comum que os empreendedores tenham dúvidas sobre o Marketing de Conteúdo, principalmente quando estão iniciando investimentos em divulgação.

Além disso, é preciso pensar em maneiras de criar um conteúdo de qualidade, capaz de agregar benefícios às empresas.

O que é Marketing de Conteúdo?

O Marketing de Conteúdo é uma das bases do Inbound Marketing, cujo objetivo é atrair os potenciais clientes por meio de materiais que agreguem valor, ao invés de oferecer produtos ou serviços diretamente.

Muitos empreendedores fazem confusão na hora de implementar o Marketing de Conteúdo, principalmente por não saberem que tipo de materiais produzir.

Muitos pensam que se trata apenas de escrever sobre as empresas, o que elas fazem, as vantagens dos serviços, etc.
No entanto, o foco da estratégia não está na empresa, mas sim no cliente. O ideal é produzir materiais capazes de solucionar as dores do cliente, suas dificuldades e dúvidas, entregando um conteúdo completo e relevante sobre determinado tema.

Tudo isso deve ser feito sem que a empresa peça nada em troca. Afinal, um conteúdo que de fato ajude as pessoas pode gerar um grande retorno.

Para resumir, pode-se dizer que o Marketing de Conteúdo é um processo de criação de campanhas que ajudam as empresas a criar autoridade e atrair novos clientes, sem apelar para o marketing tradicional.

Trata-se da produção de conteúdos segundo o nicho de mercado em que a empresa se insere, com atenção às necessidades dos clientes.

Quais os objetivos do Marketing de Conteúdo?

O Marketing de Conteúdo é muito importante para as marcas criarem uma percepção positiva junto ao público.

A produção e compartilhamento de materiais relevantes e ricos em informações é capaz de posicionar profissionais ou empresas como especialistas em suas áreas de atuação.

Contudo, como em toda estratégia de marketing, é necessário elaborar o conteúdo tendo em vista objetivos a serem alcançados.

Dependendo do objetivo da empresa, pode ser necessário adaptar o discurso, sendo que os principais são:

  • Gerar mais tráfego orgânico para o site da empresa;
  • Gerar mais leads orgânicos;
  • Aumentar a notoriedade da marca;
  • Diminuir o custo de aquisição de clientes.

Gerar mais tráfego orgânico para o site da empresa

Uma das grandes vantagens de uma boa ação de Marketing de Conteúdo é a possibilidade de aumentar a geração de tráfego orgânico para o site da empresa.

Isso pode ser feito com técnicas de SEO (Search Engine Optimization, ou otimização para motores de buscas). As técnicas ajudam o conteúdo a ser facilmente encontrado em pesquisas.

Ao produzir conteúdos realmente relevantes para o público sobre a locação de gerador de energia, a empresa especializada no aluguel de equipamentos pode aumentar a quantidade de visitantes em seu site.
Além disso, consegue ainda impulsionar a quantidade de links orgânicos direcionados ao endereço web e captar mais potenciais clientes pelas redes sociais, por exemplo.

Naturalmente, a corporação aumenta também a visibilidade online e pode atrair mais oportunidades de negócios.

Gerar mais leads orgânicos

O Marketing de Conteúdo também é muito útil na geração de leads orgânicos. Para se ter uma ideia, é comum que haja muitas pessoas que acompanham as marcas mas não são clientes.

Isso ocorre porque nem todo contato está pronto, com confiança suficiente, para a fase de compra ou contratação de serviços.

Com conteúdos relevantes, o Marketing de Conteúdos possibilita a nutrição dos leads. Os materiais são extremamente úteis para ajudar na eliminação de dúvidas ou problemas.

Assim, uma especializada no aluguel de equipamentos consegue garantir que, no momento em que as pessoas se sentirem confortáveis e precisarem de um gerador de emergência, irão se lembrar da empresa e dar preferência a ela.

Os conteúdos ajudam na produção de uma grande base de leads orgânicos, porque aumentam a quantidade de tráfego orgânico e tudo isso é feito de uma maneira natural.

Aumentar a notoriedade da marca

O Marketing de Conteúdos também ajuda as marcas a ganharem notoriedade em seus mercados de atuação.

Ao produzir postagens sobre licenciamento de obras e construções, uma empresa consegue gerar o interesse junto ao público e interagir com seus contatos.

Isso ajuda o empreendimento a ganhar mais espaço em seu mercado de atuação, aumentando o interesse do público pelo trabalho ou empresa.

Portanto, os conteúdos devem sempre ser produzidos de acordo com as preferências do público, com o incentivo para a interação e criação de um relacionamento duradouro com a empresa.

Diminuir o custo de aquisição de clientes

Os resultados esperados com o Marketing de Conteúdo podem até demorar um pouco a aparecer, já que se trata de uma estratégia que demanda dedicação e cuidado a longo prazo.

Entretanto, ele pode se mostrar extremamente rentável, principalmente por ser capaz de reduzir o custo de aquisição de clientes.

Para se ter uma ideia, um clube que promove conteúdos sobre academia de musculação completa e consegue atrair 60 mil visitas orgânicas por mês, tem um alto potencial de aquisição de clientes por um preço relativamente baixo.

O Marketing de Conteúdo também tem um custo, afinal é preciso pensar, produzir, editar, publicar e acompanhar os materiais.

A vantagem é que uma postagem pode gerar tráfego orgânico ao longo do tempo, atraindo potenciais clientes durante muitos anos – desde que seja feita com qualidade e relevância.

Como fazer Marketing de Conteúdo?

O Marketing de Conteúdo exige bastante foco e planejamento, para que as ações sejam adequadas aos objetivos da empresa.

Entretanto, de uma maneira geral, é a empresa que decide como implementar uma estratégia, levando em conta os principais tipos de conteúdos que podem ser produzidos.

Blog de conteúdo

Além de ser uma ferramenta essencial para a geração de tráfego para os sites das empresas, os blogs de conteúdos permitem a análise do comportamento dos potenciais clientes.

Quando bem estruturado, com bom SEO, material relevante e visual atrativo, o blog ajuda pessoas e empresa. Para isso, também é preciso produzir com consistência, diversificar os temas abordados e divulgar as campanhas.

Ao mesmo tempo em que os potenciais clientes encontram as informações que precisam e se aproximam da empresa de blindagem de carros, por exemplo, ela tem a oportunidade de captá-los, nutri-los e transformá-los em clientes efetivos.

Redes sociais

As redes sociais são ferramentas que podem ser utilizadas nas estratégias de Marketing de Conteúdo para estabelecer uma comunicação com os potenciais clientes.

De uma maneira geral, as pessoas passam cada vez mais tempo online nas plataformas e por isso a presença nas redes tem se tornado cada vez mais importante para as empresas.

Neste sentido, o conteúdo criado deve refletir a atuação profissional da empresa ou profissional.

Se a atuação é na área de refeição corporativa, por exemplo, é prudente compartilhar informações sobre o negócio, além de conteúdos que auxiliem o público na nutrição, auxiliando no posicionamento da empresa.

Também é possível fazer atendimentos pelas redes sociais, utilizando as mensagens diretas.

Email marketing

O Email Marketing consiste na entrega de materiais por e-mail, que podem ser newsletters, mensagens personalizadas, ou até mesmo a divulgação de conteúdos novos, disponíveis para leitura no blog ou redes sociais da empresa.

Trata-se de uma poderosa ferramenta para aproximação dos clientes, justamente pelo fato de as mensagens serem entregues nas caixas de mensagens pessoais de cada contato.

É possível segmentar o público e investir na nutrição dos leads, conduzindo-os pela jornada de compras.

Para a captação dos e-mails dos contatos, uma empresa que realiza a manutenção preventiva e corretiva de elevadores, por exemplo, pode recolher os dados em um cadastro de clientes ou ainda disponibilizar formulários para inscrição no blog.

Landing pages

As Landing pages são páginas voltadas para a comunicação e captação de leads. Elas podem ser inseridas com links no blog ou nas redes sociais da empresa.

Geralmente, elas contêm uma única oferta e influenciam o usuário a realizar uma ação, que pode ser o download de um e-book sobre revisão mecânica, por exemplo, ou até mesmo a contratação do serviço.

É válido ressaltar que estas não são as únicas possibilidades de produção de conteúdos para as empresas.

E-books, vídeos, webinars, infográficos, podcasts, aplicativos, testes online, kits e templates são outras opções que podem se mostrar relevantes para o público.

Por isso, é essencial que a empresa conheça muito bem as pessoas a quem os conteúdos se destinam. Ela precisa dedicar atenção especial às suas dúvidas, desejos e problemas nas campanhas.

Também vale a pena lembrar que a contratação de uma agência ou profissional de marketing pode se mostrar de grande valia, desde o planejamento das campanhas até a mensuração de resultados.
Com conhecimentos específicos e experiência na área, os profissionais podem contribuir para a produção de conteúdos muito mais assertivos, para um Marketing de Conteúdo mais eficiente.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome