Qual é a influência da diversão na relação mãe e filho?

0
27
Qual é a influência da diversão na relação mãe e filho?
SB post

Entenda o que há por trás do que parece apenas brincadeira

 

“Façam passeios divertidos: sair com seu filho e brincar, estimula ainda mais a conexão entre vocês”

E de repente, a mulher se torna mãe. Junto com essa palavra tão pequena, vem sentimentos gigantes como alegria, medo, responsabilidade, angústia e coragem. Ela irá aprender a decodificar um choro de um sorriso, um soluço de um susto, uma birra de um problema. Vai amar incondicionalmente um ser humaninho e esquecer completamente das suas próprias necessidades.

Muitas vezes a natureza da relação entre mãe e filho nasce no momento em que se descobre a gravidez. Por outro lado, muitas mulheres só se enxergam como mães aos poucos, após o nascimento do bebê. Não há sombra de dúvidas que o amor entre mãe e filho é único. Os laços criados desde o nascimento só tendem a se fortalecer com o passar dos anos. Esse “amor de mãe”, como dizemos, é essencial para que a criança se desenvolva emocionalmente e fisicamente.

Como manter esse laço entre mãe e filho com os anos?

Com o passar dos anos, os filhos crescem e começam a interagir com um mundo onde é impossível ter total controle. A internet está aí como prova viva. Eles começam a ter acesso a informações, construir opiniões e ter vontades próprias. Essa mudança de comportamento se torna um período mais desafiador para a mãe. Controlar o filho até certo ponto, pode ajudar bastante. Proibir pode afetar a relação.

Quando os filhos crescem a tendência é sempre se afastar um pouco dos pais e reivindicar o próprio espaço. Muitos adolescentes se sentem pressionados a ter que obedecer severamente os pais, o que faz com que se isolem e percam o interesse em se comunicar. Apenas com uma boa conversa é que se é possível entender o que se passa na cabeça de uma criança.

Para tornar a relação mãe e filho mais próximo, segue abaixo algumas dicas valiosas:

  • Crie rotinas: mantenha uma rotina saudável para a criança se habituar à harmonia da casa.
  • Leia para seu filho: a leitura estimula a imaginação da criança.
  • Demonstre interesse pelos assuntos do filho: escola, amigos, entretenimentos. Isso faz com que os dois criem uma empatia.
  • Entenda as mudanças: mostre que a mãe está lá para cada fase da vida do filho.
  • Façam tarefas juntos: deixe o filho participar das tarefas domésticas como cozinhar e cuidar da casa.
  • Reconheça os sinais: preste atenção no olhar ou gestos do filho e tente compreender as reações dele.
  • Façam passeios divertidos: saia de casa com a criança e leve-a para brincar. Isso estimula ainda mais a conexão entre mãe e filho.

Brincar com os filhos. Essa é uma das tarefas mais simples, porém uma das menos praticadas. Por causa do tempo escasso entre trabalho e tarefas diárias, muitas mães deixam de levar os filhos em parques ou locais abertos para brincar.

Diminuir o uso de tablets e TVs e incentivar a brincadeira “off-line” ajuda a criança a desenvolver habilidades como: ser mais criativa, se socializar com outras crianças, aprender novas regras e se comunicar melhor com as pessoas ao seu redor.

Uma pesquisa realizada pela OMO mostrou que o brincar livre vem diminuindo com o decorrer dos anos. Os números da pesquisa “Valor do Brincar Livre” feita em 10 países (incluindo o Brasil) com 12 mil pais revelou que 84% das crianças brasileiras brincam na rua 2 horas ou menos por dia, 40% brincam uma hora ou menos por dia e 6% nunca brincam fora de casa.

Hoje em dia, muitas empresas e instituições procuram promover esta conexão entre mães e filhos. Parque de diversão é um dos tipos de empresa que proporcionam isto, uma delas é a rede de parques itinerante Play City, que conta com estrutura bem preparada para receber todas as faixas etárias. Eles entenderam a importância da conexão entre mães e filhos, e criaram uma ação promocional para este Dia das Mães (12/05) nas unidades Play City do Shopping Nova América (RJ) e do Expominas (MG). Toda mãe que se apresentar no guichê destas unidades com RG e com acompanhada, pelo menos, um filho pagante, ganhará o passaporte de presente.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome