5 sinais de que seu filho precisa de óculos

0
7
5 sinais de que seu filho precisa de óculos
Existem no mercado lentes específicas para crianças, como as ZEISS Kids. (Pixabay )
SB post

Segundo dados do Ministério da Saúde, 30% das crianças em idade escolar apresentam algum problema de visão. Que tal abrir os olhos para essa questão?

É muito importante acompanhar as crianças e levá-las ao oftalmologista periodicamente, pois 90% do desenvolvimento da visão ocorrem até os dois anos de idade.

Ainda que não consigam entender ou relatar, muitas crianças sofrem com problemas na visão – o que compromete o seu aprendizado e desenvolvimento. De acordo com uma pesquisa realizada em 2015 pelo Ministério da Saúde, 30% das crianças em idade escolar (dos 4 aos 17 anos) apresentam algum problema na vista. Além disso, a estimativa da Agência Internacional de Prevenção à Cegueira é que no Brasil existam aproximadamente 29 mil crianças cegas devido a doenças oculares que poderiam ter sido evitadas ou tratadas.

Apesar de todo o cuidado e atenção, é muito difícil para pais e professores identificarem o problema sem o auxílio de um médico oftalmologista. E como 90% do desenvolvimento da visão ocorrem até os dois anos de idade, é importante estar atento e procurar ajuda médica em caso de dúvidas.

Veja abaixo alguns sinais de que o seu filho precisa de óculos:

1. Grudado na tela. Colocar-se muito próximo à televisão, computador, tablete ou celular pode indicar alguma dificuldade para enxergar, como a hipermetropia nas crianças ou a miopia nos adolescentes. A dificuldade de ver corretamente faz com que as crianças se aproximem cada vez mais das telas, gerando ainda mais prejuízo aos olhos.

2. Sensibilidade elevada. O desconforto exagerado sob a luz solar ou em ambiente iluminado pode ser sinal de fotofobia, causada por astigmatismo ou estrabismo. Em ambos os casos, a luz entra nos olhos de forma inadequada, dificultando o foco e causando dor de cabeça e incômodo. As dores de cabeça podem ainda estar ligadas a outros problemas de visão e requerem especial atenção.

3. Esfrega-esfrega. Coçar os olhos com frequência pode revelar desde irritação simples até conjuntivite. Além disso, coçar os olhos com frequência pode causar ceratocone, doença que afeta a córnea e causa astigmatismo. Nas crianças, o mais comum é que a coceira seja causada por fadiga ocular devido à exposição à luz azul violeta visível (AVVL), emitida pelas telas de equipamentos eletrônicos. Para evitar o agravamento ou surgimento de doenças na vista, existem no mercado lentes específicas para o público infantil que vive conectado. As lentes ZEISS Kids, da multinacional alemã ZEISS, por exemplo, contam com tratamento que promove o bloqueio das AVVL e ainda possuem tecnologia UV Protect, contra os raios ultravioletas do sol.

4. Letrinhas grudadas. Utilizar o dedo indicador como condutor para ajudar na leitura é sinal de dificuldade visual. A técnica de leitura utilizada pela criança pode indicar a existência de ambliopia, também conhecida como síndrome do olho preguiçoso, em que as letras e palavras parecem muito próximas, dificultando a leitura.

5. Notas baixas. Falta de atenção em sala de aula e notas baixas no boletim escolar podem significar mais do que desinteresse. Muitas crianças apresentam esse comportamento devido a problemas de visão que impedem o bom aproveitamento na escola. Miopia, hipermetropia, astigmatismo, estrabismo, visão monocular e outras patologias – que podem necessitar de intervenção cirúrgica – podem ser as responsáveis pelo baixo desempenho das crianças na escola.

Website: https://www.zeiss.com.br/vision-care/home.html

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome