Parque Independência fecha em caráter preventivo

0
82
O Céu da Rússia - Planetário do Ibirapuera
SB post

A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA) fechou nesta terça-feira (27) o Parque Independência, localizado na zona sul da capital. A decisão foi tomada após ter sido confirmada a causa da morte de um macaco do tipo sagui por Febre Amarela, na região. A reabertura está prevista para 30 dias, prazo que a Prefeitura adotou para que a cobertura vacinal seja ampliada em defesa dos frequentadores do parque.

“É preciso que os munícipes se conscientizem de que a única forma de vencermos o vírus da febre amarela é nos vacinarmos. O vírus continua circulando pela copa das árvores e a vacinação é a única maneira de nos protegermos. Antes de ingressar em um parque, espere pelo menos 10 dias após a vacinação”, alerta o secretário do Verde e do Meio Ambiente, Eduardo de Castro. O prazo de 10 dias é uma recomendação da Secretaria Municipal da Saúde, pois é o tempo necessário para o munícipe estar imunizado contra o vírus, para frequentar os parques sem risco de infecção.

O local terá faixas de alerta com relação ao risco da doença, enquanto a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) intensifica a campanha de vacinação no bairro, por meio da conscientização nas redes sociais. O parque tem previsão de reabertura para o dia 27 de abril, sexta-feira. A recomendação é a de que, neste período, moradores e frequentadores do local que ainda não tenham se vacinado procurem uma unidade de saúde.

Vale destacar que os macacos não são transmitem a febre amarela. Assim como as pessoas, os primatas são vítimas dos mosquitos Haemagogus e Sabethes, que transmitem a febre amarela silvestre. Quando eles são infectados e chegam a morrer, servem como indicativo da circulação do vírus no local. O ser humano é contaminado acidentalmente, quando vai para áreas rurais ou silvestres que tem a circulação do vírus. Portanto, os vilões da doença ainda são os mosquitos, que transmitem diversas doenças, não os macacos.

 

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome