O bê-a-bá do SEO

0
7
O bê-a-bá do SEO
Negócio foto criado por tirachardz - br.freepik.com
SB post

O SEO é um conjunto muito importante de técnicas do marketing digital para as empresas. Com a internet mudando cada vez mais as decisões das pessoas, é importante estar sempre no topo dos resultados de sites de busca.

O marketing digital abriu espaço para empresas dos mais variados setores, de todos os tamanhos e de qualquer lugar do mundo. Mas para trabalhar com ele, é importante conhecê-lo e estar focado nas suas estratégias.

As técnicas de SEO dão mais visibilidade aos sites, e isso é importante porque o usuário raramente irá navegar além da segunda página do buscador.

O Google é o principal site de busca utilizado no mundo e ele consegue identificar sites e blogs que apresentam os melhores conteúdos aos usuários.

Bons conteúdos e sites estão sempre dentro das estratégias em SEO, e seus criadores sabem como aplicar essas estratégias do jeito certo.

Quando isso acontece, automaticamente aquele site recebe mais visitas e a empresa se torna mais conhecida pelos consumidores. 

Fazendo uso das estratégias certas, qualquer empresa pode estar no topo do resultado de buscas.

Por isso, neste artigo vamos falar sobre o que é SEO, como ele ajuda a posicionar bem um site e as melhores estratégias para aplicá-lo.

O que é SEO?

SEO é uma sigla que, em inglês, significa Search Engine Optimization, estratégias que visam a otimização para mecanismos de busca, como o Google.

A otimização do SEO ajuda os sites a alcançarem uma boa posição no ranking de resultados, gerando mais tráfego e autoridade para eles.

Essas estratégias são fundamentais para que uma empresa se destaque e ganhe visibilidade na internet. Como consequência disso, as marcas conquistam mais leads, clientes e acabam por aumentar seu faturamento.

Ao aplicar as estratégias em SEO, as oportunidades de novos negócios aumentam muito. Isso porque praticamente todas as pessoas que pesquisam alguma coisa no Google acessam apenas os links que aparecem na primeira página de resultados.

Este é o resultado do SEO, um aumento no volume do tráfego orgânico, garantindo mais visibilidade para sites de empresas de motoboy para entrega, lojas de artigos femininos, restaurantes e todas as outras.

Portanto, se uma marca quer aumentar as visitas em seu site, precisa estar bem posicionado nos sites de busca.

Como posicionar bem um site?

Existem mais de 200 fatores de rankeamento que influenciam nos resultados de busca. Alguns dos principais são fatores On Page.

Estes fatores são aqueles que precisam ser trabalhados dentro da própria página. Eles são importantes para que os mecanismos de busca relacionem o conteúdo com as buscas dos usuários. Alguns deles são:

  • Qualidade do conteúdo;
  • Tamanho do conteúdo;
  • Título interno;
  • SEO Title;
  • URLs amigáveis.

Qualidade do conteúdo

Um dos principais fatores de rankeamento no Google é a qualidade do conteúdo. Desde seu lançamento, o buscador identifica conteúdos de baixa qualidade para, dessa forma, entregar apenas os melhores resultados aos usuários.

Por exemplo, se uma empresa de serviço de entrega com fiorino criar um conteúdo melhor do que o de outras páginas, seu site estará nas melhores posições.

Tamanho do conteúdo

O tamanho do conteúdo postado em um site ou blog influencia diretamente no ranking. A média de tamanho dos conteúdos mais bem posicionados é de cerca de 2.500 palavras.

Conteúdos que tenham, em média, esse tamanho, são considerados mais completos para o Google, o que garante mais informações importantes para o leitor.

No entanto, definir um tamanho de conteúdo não é uma regra, pois depende da persona. Um conteúdo longo para uma marca que tenha como persona um adolescente de 14 anos não trará bons resultados.

Isso acontece porque o conteúdo deve ser lido por completo, para esclarecer as dúvidas do público.

Título interno

Título interno ou Title Tag, como também é conhecido, é aquele título que o usuário vê assim que acessa o conteúdo.

A função dele é fazer com que o usuário tenha ainda mais interesse em permanecer e ler todo o conteúdo.

Podem ser usados diferentes caracteres e palavras-chave, pois isso permite mais criatividade e desperta a curiosidade do leitor.

É importante pensar bem no título, pois ele será a primeira impressão que o usuário terá da nova página que acessou.

Para conseguir esse resultado, um bom título interno deve despertar a atenção do usuário, apresentar quais são os benefícios da leitura, trazer uma promessa – que deve ser cumprida – e usar a palavra-chave.

SEO Title

A função do SEO Title é levar o leitor até o conteúdo. Um exemplo disso seria “eletricista de manutenção – por que contratar?”.

O SEO Title aparecerá nos links dos resultados do Google e deve ser atraente para o usuário. 

Para conseguir um título adequado, ele deve ter até 55 caracteres, palavra-chave posicionada à esquerda, além de conter objetividade.

URLs amigáveis

As URLs são muito importantes e influenciam direto no rankeamento. É importante que a palavra-chave também seja usada no endereço da página.

Usar poucos elementos, além da palavra-chave, é muito importante. Por exemplo, uma firma de pintura predial deve criar um site com uma URL do tipo: “firmadepinturapredial.com.br/pintura-de-predio-antigo”.

É importante evitar URL que não faz sentido, números, endereço grande, caracteres indevidos como pontos, vírgulas etc., além de usar poucos subdomínios.

Tendo uma ideia melhor do que é o SEO e os fatores que mais influenciam no resultado de busca, é importante saber como aplicá-lo adequadamente.

Saiba como aplicar o SEO

O tráfego orgânico é o desejo de toda empresa, desde fabricantes de mochila executiva com rodinhas até muitas outras empresas.

Para alcançar esse objetivo, é fundamental pensar no conteúdo postado e sua relevância, mas também fazer com que o usuário encontre a página.

O primeiro passo é pesquisar a palavra-chave. O que leva um usuário a acessar uma página na internet é a dúvida que ele tem relacionada a um problema, um produto ou qualquer coisa que ele precise.

Para escolher a palavra-chave que atenda com mais qualidade à necessidade do público, é necessário entender quem são essas pessoas.

Para isso, é importante criar uma persona, ou seja, o perfil ideal de consumidor da marca. Outra maneira de encontrar a palavra-chave é fazendo uma pesquisa para encontrar as melhores para determinado nicho.

Por exemplo, uma empresa que ofereça transporte executivo pode usar a palavra-chave “transfer executivo” para a criação de seus conteúdos.

Ao escolher as palavras-chave que farão parte do conteúdo, é hora de fazer uma curadoria do conteúdo.

O ideal é identificar páginas que tenham maior potencial para gerar tráfego qualificado ao site. 

O tráfego qualificado são usuários que têm chances reais de serem convertidos em leads (potenciais e clientes) e, futuramente, clientes.

É importante fazer uso de um gráfico que aponte páginas com altas taxas de rejeição e também as que possuem bons posicionamentos.

O tempo de carregamento de uma página é outro fator que influencia o tráfego. Páginas que demoram para carregar ou não se ajustam bem a qualquer tamanho de tela fazem o rankeamento de sites cair.

Os usuários estão, na maior parte do tempo, conectados via aparelhos móveis, como smartphones e tablets.

Por isso, quando pesquisam sobre assuntos como licenciamento de obras e construções, geralmente usam um celular, o que implica na necessidade de usar um site responsivo.

Sites responsivos melhoram o rankeamento de uma página e também trazem mais satisfação e praticidade para a vida dos usuários.

Com relação ao conteúdo textual, é necessário pensar em algumas questões, como:

  • O conteúdo responde todas as dúvidas?
  • Está claro e objetivo?
  • Parece ter sido escrito com autoridade?
  • Está melhor do que os 10 primeiros do ranking?

Ao responder a todas essas perguntas, fica mais fácil criar um texto que realmente traga soluções para o usuário, fazendo o Google entender que é válido e importante, posicionando-o entre os primeiros.

Além de tudo isso, é importante fazer um monitoramento das estratégias utilizadas pela concorrência.

Uma empresa de manutenção preventiva bicicleta pode analisar as palavras que aparecem na primeira página de resultados do buscador.

Fazendo um mapeamento das páginas que geram mais tráfego e analisando detalhadamente o que elas fazem, é possível aplicar as mesmas técnicas.

A internet abre espaço para que todas as marcas possam se destacar. É um canal de marketing justo onde quem vence é quem melhor conhece suas estratégias.

Antigamente, era comum que as empresas que mais se destacavam eram aquelas que possuíam melhores condições financeiras para investir em campanhas.

Com a internet, isso mudou. Obviamente, existem estratégias pagas, mas no marketing digital, quem se destaca é quem sabe trabalhar com o SEO e outros pilares do marketing pela internet.

Em um meio tão democrático, buscar as informações corretas e estar por dentro das estratégias é sinônimo de se destacar no Google e conquistar espaço.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome