E-mail marketing ainda é vantajoso?

0
34
E-mail marketing ainda é vantajoso?
SB post

Você provavelmente já recebeu um e-mail marketing, mesmo que não saiba o que ele é. Por exemplo, ao comprar um biquíni de crochê com elástico, em uma loja virtual.

Você recebe mensagens a respeito do seu pedido, envio do produto, bem como outras curiosidades, incluindo promoções, mercadorias relacionadas, entre outros. Isso é e-mail marketing.

Famoso nas estratégias de marketing digital, as mensagens via correio eletrônico são bastante tradicionais.

Mas, em tempos de crescimento de redes sociais e novos canais de comunicação online, fica a dúvida: vale a pena investir em e-mail marketing? A resposta é sim.

O post de hoje fala justamente sobre como o e-mail marketing ainda é vantajoso e pode ser usado como parte do seu plano de marketing digital.

Achou interessante? Então, acompanhe o texto!

Afinal de contas, o que é esse tal de e-mail marketing?

O e-mail marketing consiste em uma estratégia baseada na comunicação entre uma empresa com seus clientes ou leads (potenciais clientes), feita por mensagens no correio eletrônico.

Esse contato pode ser segmentado e feito com ferramentas de automação, capazes de personalizar os conteúdos.

Há muitos tipos e formatos de e-mail marketing que você provavelmente já deve ter recebido na sua caixa de entrada. Entre eles, destacam-se:

  • As newsletters;
  • As ofertas e promoções de lojas;
  • A confirmação de compra online;
  • Os códigos de rastreamento dos produtos.

Vale ressaltar que o e-mail marketing é diferente do spam.

Enquanto no primeiro caso recebemos notícias sobre uma fábrica de sorvete, porque nos inscrevemos em algum lugar demonstrando interesse no conteúdo, o spam somente envia mensagens automáticas, desconsiderando os desejos dos usuários.

Por conta disso, o spam é visto como uma prática “ruim” aos olhos do marketing digital.

Além do mais, você tem a opção de se descadastrar da lista de contatos do e-mail marketing, enquanto o spam não oferece essa alternativa.

Saber diferenciar esses dois tipos de envio de mensagens é muito importante, pois uma boa estratégia de e-mail marketing deve contemplar o respeito aos internautas.

Por conta disso, as empresas que se destacam são aquelas que não investem em spam.

E por que usar o e-mail marketing?

Estima-se que existam mais de 4,3 bilhões de contas de e-mail em todo o mundo. Além disso, do número de pessoas conectadas à internet, cerca de 92% utilizam o recurso, sendo 61% delas diariamente.

Só com essas estatísticas já dá pra ter uma ideia de quão poderoso é o e-mail, visto que ele pode atingir um grande número de usuários.

Para as empresas, vale destacar outro dado importante: 72% dos consumidores preferem receber mensagens via e-mail, pois consideram um canal de comunicação mais confiável, do que as outras mídias online.

Ou seja, você até pode oferecer informações sobre um cilindro de gás carbônico, ou outro produto, pelas redes sociais, por exemplo. Mas, os clientes vão confiar mais se receberem também um conteúdo por e-mail.

Por conta dessa credibilidade, o e-mail marketing é ótimo para reter clientes e aumentar o número de vendas.

Afinal de contas, a tendência é sempre comprar em algum lugar que confiamos, não é mesmo?

Outra vantagem da estratégia é que, no e-mail marketing, você consegue ter toda a atenção do seu lead ou cliente.

A partir do momento em que a mensagem é aberta, ela passa a ocupar boa parte da tela e o usuário tende a lê-la, sem desviar os olhos para outros elementos.

Desse modo, você pode, até mesmo, usar o e-mail marketing para apresentar melhor o seu produto ou serviço.

Como exemplo, uma transportadora de pequenas cargas pode enviar mensagens dando informações a respeito desse tipo de trabalho e, como consequência, instruir melhor os seus leads, aumentando as chances de venda.

5 vantagens do e-mail marketing como estratégia

Se ainda não te convencemos do poder do e-mail marketing, está na hora de conhecer outros pontos positivos desse tipo de campanha.

De acordo com pesquisas na área de marketing digital, somente 46% das empresas brasileiras empregam, de fato, o e-mail marketing. Muito disso, deve-se ao próprio desconhecimento sobre as vantagens da estratégia.

Por isso, separamos algumas curiosidades e benefícios, para que você possa implementar o e-mail marketing dentro do planejamento da sua empresa. Confira!

1 – Alcance previsível

Quando um chaveiro em Santa Cruz elabora um anúncio no Facebook para a divulgação dos seus serviços, nem sempre ele pode mensurar a quantidade de pessoas que vão visualizar a propaganda.

Isso pode ser bom em alguns aspectos, pois há possibilidade de que vários usuários vejam o conteúdo, mas também pode ser ruim, ainda mais quando os resultados não são tão satisfatórios assim.

Com o e-mail marketing, o nosso chaveiro do exemplo anterior pode saber exatamente a previsão de alcance da mensagem. Isso porque, se você seleciona 100 contatos para enviar o e-mail, todos eles receberão o conteúdo na caixa de entrada.

2 – Flexibilidade de formato

Imagine que você quer divulgar um balão de ar quente e tem um vídeo ótimo que mostra o produto, em cores chamativas e com um roteiro emocionante. Esse é um bom material para oferecer aos clientes, não acha?

Mas, nem sempre dispomos de um canal próprio para isso, já que cada rede social possui a sua especificação, bem como é necessário ter cuidado com o tamanho dos conteúdos em websites e blogs.

No e-mail marketing você tem maior liberdade para o envio de conteúdos em diferentes formatos.

Assim, é possível não apenas enviar o vídeo, mas também elaborar conteúdos em diversos tipos de templates, elementos gráficos e textos.

Além disso, você também pode incluir dentro do corpo do e-mail os famosos CTAs (Call to Action), que são botões de chamamento que induzem os usuários na realização de determinadas ações.

Dessa maneira, ao tratar de exames admissionais, por exemplo, você pode colocar um CTA ao final da mensagem convidando o usuário a realizar um exame ou a conhecer mais sobre o procedimento, com hiperlink direto ao site da empresa.

3 – Alto retorno financeiro

O e-mail marketing é considerado uma das estratégias de melhor retorno financeiro, dentro das campanhas digitais.

Isso porque, muitas vezes, o investimento em ferramentas de automação é muito barato, ou pode sair de graça, quando encontramos um software gratuito.

Além disso, como mencionamos anteriormente, o e-mail marketing é um excelente recurso para o aumento de conversões e vendas.

Sendo assim, com um baixo investimento e crescimento de clientes, tem-se uma rentabilidade e lucratividade positivas.

Segundo estudos na área, o e-mail marketing tem um ROI (Retorno sobre Investimento) médio de 3800%. Ou seja, apenas uma única transação, originada de um disparo de mensagens, é capaz de gerar um retorno 3x maior do que posts em redes sociais.

4 – Fidelização dos clientes

Ao vender um extintor CO2 6kg, ou qualquer outro tipo de produto, você deve garantir que o cliente teve uma boa experiência de compra.

Por esse motivo, dizemos que o marketing não se esgota com o fim da negociação, mas também integra o pós-venda.

Diante disso, o e-mail marketing pode ser uma ótima estratégia de fidelização dos clientes, pois, por meio dele, você pode perguntar o que o consumidor achou da mercadoria, qual a opinião dele e pedir uma avaliação, para que a empresa possa melhorar.

Fora isso, você pode criar uma lista com os seus clientes e, desse modo, enviar conteúdos interessantes para eles.

Assim, os consumidores não se esquecem da sua empresa e, futuramente, podem voltar a fazer novas compras por lá.

No entanto, é necessário ter equilíbrio no envio de mensagens. Nada de excessos ou falta.

Se o cliente receber muito conteúdo, o tempo todo, ele vai acabar perdendo a paciência com a sua empresa.

Ao contrário, se você não enviar mensagens, o usuário vai esquecer a sua empresa e pode procurar a concorrência.

Por isso, defina um cronograma para o envio de e-mails e separe quais conteúdos são relevantes aos seus clientes.

5 – Melhora o relacionamento com os clientes

Com o e-mail marketing, a empresa pode ter uma comunicação muito mais direta com seus consumidores e leads.

Isso tem um efeito positivo no relacionamento entre eles, já que aumenta a proximidade com os clientes.

É importante ressaltar que, nos dias de hoje, as pessoas não estão interessadas somente em comprar um produto.

Elas também levam em consideração a experiência de compra, e isso envolve o atendimento, a comunicação e o pós-venda.

Sendo assim, ao enviar mensagens preocupadas com o seu público e com a oferta de conteúdo relevante, a empresa cria um relacionamento muito mais saudável, que irá refletir no aumento de vendas, engajamento dos leads e na fidelização dos clientes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome