Atualizações do Instagram em 2019: Conheça todas as mudanças da plataforma

0
27
Atualizações do Instagram em 2019: Conheça todas as mudanças da plataforma
SB post

O Instagram é uma das redes sociais que mais cresce, principalmente no Brasil. Criado por Kevin Systrom e Mike Krieger, em outubro de 2010, o serviço rapidamente ganhou popularidade, com mais de 100 milhões de usuários ativos em 2012.

No mesmo ano, o aplicativo foi adquirido pelo Facebook, por 1 bilhão de dólares. Atualmente, são mais de 800 milhões de usuários no Instagram em todo o mundo, com um crescimento de 5% em cada trimestre.

O Brasil é o segundo colocado no ranking entre os países com maior número de instagrammers, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Além disso, a popularidade do Instagram se consolida com os inúmeros recursos e atualizações do aplicativo.

Em grande parte, as mudanças na rede têm o objetivo de facilitar a interação dos usuários, promover uma experiência cada vez mais positiva e ajudar as contas comerciais, visto que o Instagram tornou-se bastante efetivo para as estratégias de marketing.

Diante disso, separamos as principais atualizações do Instagram em 2019, para você acompanhar as novidades da rede.

1. O modo “Criar”

O modo “Criar” é o substituto do “Digitar” no stories do Instagram. A atualização possibilita que o usuário crie conteúdos nos stories sem precisar tirar fotos de fundo. Isso porque o próprio aplicativo adiciona uma imagem colorida à postagem.

Para as empresas, a atualização do “Criar” facilitou a divulgação de informações rápidas ou emergenciais.

Por exemplo, se um personal trainer para idosos não puder realizar o treino em algum dia, o profissional pode criar uma postagem no stories apenas com um texto informando a impossibilidade de aulas.

O recurso também oferece uma série de possibilidades para que o usuário possa usar como base, sem precisar gastar muito tempo com formatação do texto.

É possível adicionar perguntas, questionários e outras interações, para que os seus seguidores tenham um contato maior com o seu perfil.

2. O IGTV no feed

O IGTV é um recurso que permite aos usuários o carregamento de vídeos verticalizados. Além disso, a ferramenta permite conteúdos de longa duração, ao contrário das postagens em vídeo no feed, com limite de 1 minuto.

Criado em 2018, o IGTV teve a intenção de ampliar as possibilidades para produtores de conteúdos e perfis comerciais, mas a ferramenta não trouxe o resultado esperado. Até então, os vídeos do IGTV ficavam disponíveis somente no ícone do recurso.

Para incrementar a ferramenta, a partir de fevereiro de 2019, o Instagram passou a publicar um trecho dos vídeos do IGTV diretamente no feed.

Assim, se um nutricionista particular quiser gravar um vídeo de uma receita fitness, seu seguidores não precisam acessar o ícone do IGTV; basta clicar na prévia disponível no feed e continuar assistindo o conteúdo normalmente!

3. Faça compras diretamente no Instagram

O recurso de loja do Instagram foi liberado em março de 2019, sendo uma ótima novidade para os varejistas.

Com ele, o perfil comercial pode marcar os produtos diretamente na publicação e, assim, redirecionar o seguidor para a finalização de compra.

Na prática, ao disponibilizar a imagem de uma caneca personalizada com foto no Instagram, uma peça de roupa, ou qualquer outro item, a loja irá marcar com uma tag o preço do produto.

Quando o usuário clicar, já é direcionado para aquisição, sem necessidade de abertura de páginas externas.

Com isso, é possível aumentar o engajamento e posicionamento orgânico, além de contribuir para acelerar a jornada do consumidor.

O recurso está disponível somente para os perfis comerciais no Instagram, dentro dos países autorizados pela plataforma. A marcação de produtos pode ser feita tanto em postagens no feed quanto nos Stories.

Mas, antes de utilizar a loja do Instagram, é necessário:

  • Ter uma página no Facebook;
  • Vincular a página do Facebook e a conta do Instagram;
  • Seguir as diretrizes comerciais e políticas de produto do Facebook;
  • Ter um link de pagamento (e-commerce ou em outras contas).

O recurso de loja do Instagram é totalmente integrado com o Facebook, por isso, não é possível ter acesso à atualização sem uma página no Facebook.

4. Filtro para conteúdos sensíveis

O Instagram passou a ocultar material com conteúdo sensível, como vídeos e imagens com autoflagelação, violência e sexo explícito.

A atualização é semelhante ao Facebook, que também “borra” esses conteúdos, permitindo o acesso somente se o usuário quiser.

O objetivo é aumentar a proteção dos usuários, melhorando a experiência e reduzir a exposição a conteúdos que podem ser “gatilhos”, especialmente, para quem sofre de depressão, ansiedade e outros transtornos psicológicos.

O recurso dependerá de anúncios dos próprios usuários. Vale destacar que o filtro para conteúdos sensíveis não libera às antigas políticas do Instagram.

Isso significa que o que anteriormente era proibido, continua proibido. Por isso, é preciso verificar com cuidado os materiais, para não ser banido da rede.

5. Fim das curtidas

Uma das atualizações mais polêmicas do Instagram em 2019 foi o fim das curtidas. Agora, não é possível visualizar o número de curtidas em uma postagem, somente o próprio dono da conta terá acesso a essa informação.

As curtidas estão entre as principais métricas para avaliar o engajamento das publicações no Instagram. 

No entanto, de acordo com a própria rede social, elas reproduziam uma cultura altamente competitiva, prejudicando a saúde mental de muitos usuários.

Para o Instagram, o fim das curtidas é uma oportunidade para as empresas e criadores de conteúdo se concentrarem na publicação de materiais relevantes, para que os seguidores vejam realmente o conteúdo e não curtam simplesmente pela popularidade.

Isso também colabora para evitar publicações sensacionalistas. Assim, ao invés de um nutrólogo para engordar postar uma foto de “antes x depois” de um cliente, ele pode se concentrar em produzir um conteúdo sobre alimentação saudável.

Do mesmo modo, ele pode abordar dicas de refeições e curiosidades. Ou seja, o fim das curtidas é uma maneira de oferecer aos seguidores informação de qualidade, ao invés de um culto extremo de vaidade.

6. Mais opções de gênero

Com um mundo cada vez mais plural e diverso, o Instagram atualizou suas opções de gênero para perfis públicos. 

A novidade permite que os usuários escolham gêneros personalizados, como “trans” e “gender nonconforming”. 

Segundo o próprio aplicativo, essa mudança busca tornar a rede mais inclusiva, refletindo como as pessoas se identificam hoje.

Apesar de não ser um recurso para contas comerciais, as empresas podem usar as opções de gênero para segmentar suas divulgações. 

Com isso, é possível criar estratégias de marketing voltadas para a comunidade LGBTQIA+, promovendo representatividade.

7. Criação de filtros personalizados

O Facebook liberou uma atualização para o Instagram com o Spark AR Studio. Com ele, qualquer perfil ou usuário poderá criar filtros personalizados de realidade aumentada e compartilhá-los nos stories.

Já pensou uma clínica de cirurgia plástica simular um filtro com rinoplastia feminina? É uma maneira engraçada, inovadora e divertida de interagir com o público.

8. Postagem em várias contas

A partir de 2019, o Instagram liberou uma atualização que permite aos usuários postarem a mesma publicação em várias contas diferentes, de uma só vez. 

A opção “Postar em outras contas” vai aparecer durante o compartilhamento de uma nova publicação, abaixo das opções de marcar pessoas e localização.

O recurso é excelente para produtores, agências de marketing e assessores que cuidam de várias contas.

Por exemplo, uma agência de marketing que cuida das redes sociais de uma franquia de pilates funcional pode postar em várias contas do mesmo cliente, economizando tempo na divulgação.

No entanto, esse tipo de “regram automático” só permite a postagem em outras contas para publicações próprias. Ou seja, você não pode postar um conteúdo de terceiros.

9. Recurso “Cenas” exclusivo para o Brasil

Muito semelhante ao TikTok, o recurso “Cenas” do Instagram foi lançado no Brasil, permitindo que os usuários gravem pequenos vídeos, sendo possível sincronizar músicas, aumentar e diminuir a velocidade, além de juntar vários conteúdos de uma só vez.

No entanto, só é possível usar as músicas disponíveis na biblioteca do Instagram. Nesse contexto, um motoboy para delivery pode fazer um compilado de vídeos com várias entregas realizadas, em um material curto, dinâmico e facilmente editável com o “Cenas”.

Para facilitar a edição, o Instagram disponibilizou uma função conhecida como “Ferramenta Fantasma”. Com ela, você pode sincronizar diferentes vídeos e ordená-los para recortes rápidos.

10. Modo noturno no Instagram

Em 2019, o Instagram também liberou o “modo noturno” para a câmera. O recurso foi lançado para iOS 13, com um tema escuro nativo, integrado a outros aplicativos no celular.

No sistema Google, o Instagram só pode ser ativado no modo noturno em smartphones com Android 10 e Android 9. A novidade tem a intenção de melhorar a visibilidade em tela.

Assim, um eletricista de manutenção que passa muito tempo com fortes luzes no trabalho pode configurar o aplicativo e ter um descanso da iluminação artificial. Além disso, o modo noturno também promete diminuir os gastos da bateria do celular.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Publicidade

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome